Trilha de Abrantes à Arembepe

É interessante como passamos a conhecer os detalhes de cada trilha. Os percursos com seus diversos tipos de terreno ficam mapeados em nossas memórias. Até os buracos são lembrados durante o trajeto. Não que haja possibilidade de uma trilha tornar-se monótona, pelo contrário, a passagem por um mesmo terreno pode ser feita de diversas formas e existe a constante superação dos limites individuais, o que faz a prática do Mountain Bike bastante diversificada. Já fiz essa trilha algumas vezes e o sentimento é cada vez melhor! O grupo demonstrou bastante garra, amizade, companheirismo e solidariedade, muito bom!!! Tivemos algumas quedas, nada de grave. O sol estava escaldante, mas as paradas para hidratação foram a salvação, hehehe. Foi aproximadamente 48 km, uma distância que demonstra o bom preparo do grupo. Até mais! Um grande abraço, Elson.




















Veja os vídeos abaixo!!!

video


video

video

video

Um comentário:

Leo Couto disse...

Big Elson, superação, aprimoramento de técnica e condicionamento fatores de base para uma trilha nota 10. Sinto não puder ter ido fui mergulhar. Quando chega o verão fica difícil para mim conciliar mergulho e bike e ainda ter que treinar e dar aula de karatê a noite, mas quando der acompanho esssa galera nota 10 nas trilhas. Abraços.