Trilha Noturna para Arembepe

Trilha realizada na região de Abrantes a Arembepe em 26/03/2009
Olá Pessoal, certa vez o meu amigo Ricardo Lima me perguntou: “Porque fazer uma trilha noturna, qual é o barato disso?” É difícil de explicar, mas uma trilha noturna causa em mim um sentimento diferente. Apesar da escuridão, não existe o medo, mas a vontade de enfrentar o desconhecido, pedalar em condições que normalmente não faria sozinho e com limites em relação a visão o que causa sempre mais desafiador. Daí a importância do grupo e de estar com bastante atenção no trajeto. Ah! Também acho o máximo ver todas aquelas luzes das bikes quebrando a escuridão, parecem vaga-lumes, pena que a câmera não consegue captar essa imagem com perfeição. Essa trilha foi um grande passeio! Não apenas pelos 53km que pedalamos, mas também pela maravilha de realizar essa aventura ao lado de pessoas que gosto muito. O amadurecimento do grupo é algo notável, a tranqüilidade, organização, planejamento e preparo físico contribuíram muito para seu andamento perfeito. Saímos da Loja Atlântico Bike e pedalamos no escuro do asfalto uma boa parte antes de entrar na trilha. Passamos por vários vilarejos da região de Abrantes e em alguns momentos, fizemos silêncio para não acordar a população local, hehehe. Uma marca da trilha foi a areia, mas Fabão que não gostava muito, mostrou grande agilidade! rsrsrs. Rubinho, foi se encostar em uma cerca, o pau quebrou e ele caiu em uma moita cheia de urtiga! Hahaha. Não poderia deixar de registrar esse acontecimento! Hehehe. Pois é galera, com certeza iremos fazer essa e outras aventuras noturnas novamente... Um grande abraço, Elson.
























3 comentários:

aldo disse...

Como ja tinha dito .... Trilha so a noite, temos que ter outra dessa o mais rapido possivel.

josué disse...

pô véi já tava ansioso por estas fotos, quero deixar aqui registrado o comportamento exemplar dos mecânicos(esqueçi os nomes) do Jairo que nos acompanharam ,apesar de não ser uma companhia profissioanal, se comportaram como se fosse, muito exemplar em ajudar os colegas, um pneu furado acho que não gastaram nem 5 minutos , uma corrente quebrada e mais 5 minutos os caras são bons mesmo, alem de ficarem o tempo todo acompanhando o ultimo( eu claro ehehe), e bem que podiamos marcar 2 pedal desse por mês né? ai acho que 15 dias dá pra recuperação ehehe.

Ricardo Lima. disse...

Galera, ainda estou me recuperando da pancada que levei na Ilha dos Frades. Pensei que não teria avarias, mas até hoje sinto a região da costela. Qto a trilha noturna na mata, de fato não tenho como avaliar, pois nunca fiz. Durante o dia, além da malhação e adrenalina, a claridade possibilita um convívio maior com a natureza, floresta, lagoas, animais, etc. Esse visual é show de bola! À noite acredito que isso fica perdido. De qualquer forma, breve irei encarar uma trilha noturna para ver como é essa parada.
Abraços, Ricardo Lima.