Grupo Trilha Noturna da Paralela

Trilha noturna realizada em 28/04 na Paralela
Caros amigos fui incumbida desta resenha por ser minha primeira pedalada com a turma da Trilha noturna da Paralela. Reunimos-nos como de costume, no Monumento Luiz Eduardo Magalhães. Estava um pouco ansiosa, pois achava que não iria conseguir acompanhar o pessoal. Logo que cheguei a primeira coisa que fiz foi ver se havia alguma mulher para me acompanhar. Cadê vocês mulheres???? rs rs rs... Pois é, não tinha nenhuma e tive que encarar mesmo a maravilhosa trilha “sozinha”. Há! Não poderia esquecer de encoraja-las informando que tinha um mascotezinho com seus mais ou menos 10 anos que estava com todo o pique. No começo aquela paradinha básica para as fotos e algumas orientações do nosso guia Elson. A trilha é muito boa para se fazer, porém enfrentei a uma subida de tirar o fôlego mas como Elson estava do meu lado me deu a maior força: "Calma Vanessa! já está terminando,você vai conseguir” Ufa! conseguir mesmo. Não têm direita e esquerda apenas reta algumas subidas e descidas e o clima estava espetacular, sem vento e uma garoazinha para refrescar. Agora pensem numa mulher determinada, consegui dar duas voltas no circuito, uau! No final uma parada no posto dois para hidratar e colocar a conversa em dia. Para finalizar gostaria de convidar as mulheres na próxima Terça dia 06.05.09 e lembra-las de que este esporte além de prazeroso surte um grande benefício a saúde. Espero vocês lá. Vanessa.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR


Trilha em Abrantes, Jorrinho e "Lava Alma"

Nesse sábado dia 25, foi marcada a trilha e horário no posto BR, com saída às 7:00hs, e para surpresa da galera, o maior assíduo do grupo nosso amigo Elson, atrasou, é atrasou sim chegou às 7:15hs, e lá vem, com a desculpa: “Meu despertador não funcionou... blá,blá”. E ainda por cima foi buscar a sapatilha do Neto. Pode? Isto mesmo nosso amigo Neto chegou ao posto as 6:00hs, mas para surpresa de todos esqueceu a sapatilha! Mas vamos lá. Saímos para a trilha iniciando pela Ladeira do Quiabo, mas podemos dizer que com chuva o barro que forma seria quiabo empanado, porque é tanto barro que gruda nos pneus e na sapatilha que quase não á para andar. Rsrsrs!O visual da região é muito bonito e qualquer coisa vale a pena, e da- lhe pedal, depois de 10 km, nosso amigo Lobo virou cordeiro, começou a passar mal e teve que voltar, enquanto o resto da galera com fome de pedal, continuou. O dia estava lindo fizemos a trilha do Jorrinho e Pocotó, esta já próxima de Camaçari, com o Nilson (Cid) de guia. Para surpresa era a mesma que fizemos na quinta-feira a noite ou seja, se de noite era o bicho imaginem de dia! Quando terminamos a trilha em Machadinho, tomamos uns refris no Jorrinho e começamos a discutir qual seria o caminho de volta, se seria pelo asfalto na Cascalheira ou por dentro, e este que escreve falou, por que não pela trilha que passa no povoado Capivara? Assim fomos, e para surpresa de todos com as chuvas destes dias na primeira passagem o rio tomou conta da estrada pelo qual tivemos que passar com as bikes nas costas, ai é que vem o melhor: nossa amiga Taty, pediu que alguém levasse a bike dela pois não estava agüentando (ah!! mulheres, mas ainda bem que elas existem), e assim nosso amigo Nagao o fez. Na outra cruzada do rio a coisa piorou , piorou não!!! Ficou melhor, pois a estrada estava completamente alagada, e ai começou a resenha vamos passar, não vamos!!?, Por fim contratamos um guia, é, um guia local ( R$ 2,00 ) para nos levar através rio e a bike da Taty novamente nas costas, desta vez do guia rsrs!!, No final do rio ou estrada para nossa surpresa tinha uma galera de moto cross ilhada, eheheh, ai é que podemos falar com certeza, onde as motos vão, as bikes vão e ao contrário as bikes vão onde as motos, não! Eheheheh!! Ricardo Appolinario.
CLIQUE PARA VER O VÍDEO ABAIXO

video



























Trilha Noturna em Abrantes

Trilha realizada em 16/04 na região de Abrantes
Trilha noturna é realmente especial para os amantes de aventuras. Para essa trilha, um novo percurso foi cuidadosamente planejado por Nilson e todas as expectativas foram superadas! Saímos da Loja Atlântico Bike e no meio do caminho encontramos com a galera de Camaçari, o grupo ficou com um total de 16 caras meio doidos rumo à escuridão, matagal adentro. Tivemos de tudo, muitas subidas, estradões e single´s tracks quase virgens, o mato invadia a trilha não conseguíamos nem para ver o chão! Hehehe. Show de Bola! O jeito era mirar na roda da bike da frente e acelerar para não aumentar a distância e perder a visão. Já virou tradição as trilhas noturnas quinzenais de quinta-feira. Recomendo a todos! Um abraço, Elson.