Trilha em Santo Antônio de Jesus (de Santana ao Tabuleiro do Castro e Cachoeira do Nunes)

Trilha realizada na região de Santo Antônio de Jesus em 23/05/2009.
Pois é galera, dessa vez sobrou para mim a responsabilidade de resenhar sobre uma grande trilha que fizemos, mas é muito fácil resenhar daquilo que nos traz satisfação e prazer...mais uma vez lá estávamos nós em uma pedalada RADICAL. Pilotar (dirigir) até Santo Antônio de Jesus na sexta-feira à noite, com muita gente achando loucura e com aquela chuva, como costumo falar, tem que ser “Guerreiro”!!! Nossa aventura já tinha iniciado no carro, encaramos muita chuva na estrada e lama até chegarmos no povoado de Santana e depois na fazenda dos sogros de Elson... e isso só foi possível graças a experiência de nosso piloto Nanal e seus navegadores, Eu e Valter claro!!! A receptividade de Seu Rafael, Dona Neide e sua Família não poderia ser melhor, parecia até que fazíamos parte da família. Pois bem, no dia seguinte, depois daquele café da manhã reforçado, estamos nós dispostos a encarar uma trilha em meio à uma natureza maravilhosa que nos reservava um altíssimo grau de dificuldade em um misto de downhill, estradão e trilha em mata fechada, onde cada descida e subida se tornava uma nova aventura e superação, pois nunca subi tantas ladeiras na minha vida!!!, até que chegamos em um lugar chamado Tabuleiro do Castro, onde descansamos e tomamos refrigerante, enquanto Valter dava uma regulada na Bike de Elson. Já sentindo as pernas devido às grandes subidas, continuamos e fomos recompensados com um banho na maravilhosa Cachoeira do Nunes, água gelaaaada!!! Não podemos esquecer do nosso amigo e guia particular “Neto” (cunhado de Elson), confesso que se não fosse ele nos levar para uma parada providencial no “Bar do Pão”, eu estava ferrado, pois estava morrendo de fome, já não estava mais agüentando subir as ladeiras!!! E começamos a falar “Neto retôôô”...rsrsrs.... Já com muito cansaço e aquela garoa fina, mas sabendo que uma picanha bem suculenta nos esperava regada à uma cerva bem gelada, chegamos ao fim de mais uma aventura com sabor de barro e superação. E que venha a próxima, pois será mais uma história para contar... Um grande abraço Piau.


































2 comentários:

Elson disse...

Olá Pessoal, Não devemos esquecer a graaannndeee ladeira da pinha!!! Foram muitas ladeiras! Mas o lugar é lindo! Muito legal pedalar com vocês. Um abração Elson.

ricardo appolinario disse...

MEU AMIGO ELSON
Que lugar é este , muito lindo, quero saber quando vamos marcar uma trilha lá de novo, agora vc sabe que estou numa bike turbinada by Netão heheh, a pretinha é o bicho e agora teremos a companhia do meu filho Guido na cola.