Trilha na Ilha de Itaparica

Pois é pessoal, só posso começar falando uma coisa: “quem foi gostou, e quem não foi perdeu”, e uma coisa é certa ... “Eu vou levar a minha esposa na ilha!!!”. A gente não imagina como a ilha é bonita, e posso falar uma coisa, apesar de eu morar em Salvador não muito tempo, não imaginava a quantidade de belezas naturais que aquele lugar tem. E para descobrir estas coisas, só tem uma forma de fazer com o Mural: É fazer um pedal na Ilha de Itaparica!!!
Pode até parecer chato a questão de atravessar de Ferry Boat para a ilha, mas quando a galera do Mural se junta, não tem como ficar chato. Lá estava eu sábado (27/11) ás 5:20h da manhã no portão do Ferry sentado tomando um Suco e esperando o pessoal chegar, logo aparece JP (Anfitrião da Ilha), em seguida chega Elsão (Psicu) e Fred (Psico)... mais um tempinho ... chega Luis Fernando (Corujão) ... E daqui a pouco chega um parceiro que há muito tempo não pedalava com ele: Fernandes. Esperamos mais um pouco, ameaçamos entrar, liga pra Josué (Vovuxco) ele não atende, mas logo aparece o nosso amigo Josué com Ciro (de óculos novo) completa a turma Eu, Elsão, JP, Josué, Fred, Luis Fernando e Ciro. Pegamos o Ferry com destino a ilha, e com aproximadamente uns 10 minutos dentro do Ferry, estávamos arrumando as Bikes, quando aparece um senhor com uma paciência fantástica fazendo argolinhas de arame que deveria ser usado em adereços falando: Não deixa esses negócios encostar em mim (referindo-se as bikes), pena que a paciência dele não se transformava em sabedoria, para saber o quanto as nossas bikes são amadas ... KKKKKKKKKKK Mas esses detalhes a parte, chegamos na ilha e já fomos logo em direção a uma reserva. O lugar parecia mais, um santuário de tão tranqüilo e calmo, muito bem cuidado e com isso fazia o lugar muito mais bonito. Demos algumas voltas tentando encontrar uma trilha pra desbravar, até que Elson encontrou uma abertura na mata que nos levou a um tremendo single track. Fantástico, mata fechada e um pequeno caminho rasgando a mata ... era tudo que a gente queria, até que chegamos a um estradão que JP já conhecia, e assim chegamos no asfalto, paramos para pedir informações e aproveitamos para comer uma penca de bananas bem pequenas, Coquinha foi logo lembrado, pois se fosse ele, tinha comprado logo um cacho de banana da terra. Pedalamos mais um pouco, onde descemos uma rua que deu direto a um pier, esse negocio entrava mais ou menos uns 800 metros no mar, os caras do jeito que veio entraram... “Apenas um ficou sem ir lá!!!” hehehe. Saindo de lá uns pescadores deu diretrizes da trilha para JP e lá vamos nós, descemos alguns metros e tivemos que pedir mais informações, um senhor disse: pode fechar o olho e seguir em frente. E com isso Luis Fernando seguiu a risca, fechou os olhos e foi pedalar, e todo mundo sabe né, pedalar com os olhos fechados só termina num lugar: No chão, o cara caiu bonito. Pedalamos mais um pouco, até chegar à praia ao lado de um forte (não me lembro o nome da praia), mas até parecia um pedaço do paraíso cercado pelo mar no município de Itaparica, onde aconteceu umas 2 horas de descansando, demos muita risada até que chegou uma figura com o nome de PICOLEISHION. Um negão simpático e gente boa chegou com um enorme chapéu empurrando uma carrocinha que tinha um baita equipamento de som tocando um batidão. Elsão e JP chamaram logo ele, pois já conheciam ... E ele chegou: “E aí, amigueishion? Vai um picoleishion?”e deu uma gargalhada cumprimentando os caras. O camarada era a maior figura, tirou onda pra caramba e principalmente com Josué, chegou chamando o nosso amigo de vovuxu e colocando cada batidão no som dele que até Josué levantou pra dançar depois que todo mundo encheu pedindo pra ele fazer isso. Depois de todo esse tempo parado e dando risada, tava na hora de voltar pra o pedal, ai o bicho pegou, o céu tinha um sol pra cada um de nós e pegamos cada subida, que a gente subia tanto que até o ar tava ficando rarefeito. Pegamos o Ferry de volta, e assim como foi à ida, a volta foi mais divertida ainda, conversa vai, conversa vem, risada vai e risada vem... uns tomam sorvete, outros arrumam os cabelos da perna e há quem diga que teve gente passando creme no corpo ... resumindo, a volta foi tão divertida quanto a ida, assim como a trilha. Pessoal, vamos ter que voltar, a ilha tem muito lugar bonito para se explorar, e uma coisa é certa: eu vou levar a minha mulher pra conhecer a ilha!!! Abração a todos. Renato.
VEJA OS VÍDEOS ABAIXO
video
Chegada em Ponta de Areia
video
Single Track na Reserva
video
Chegada em Itaparica
video
Picoleishon - Olha o Vovuxco!
video
Picoleishon - Dança Vovuxco!
video
Picoleishon de Cajá
video
Picoleishon - Vou trazer minha esposa!
video
Single Track no Alto de Itaparica
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR



























































15 comentários:

josue disse...

muito massa essa,ilha e essa trilha, por favor se mudarm meu codinome no grupo, falem certo,é VOVUXCO.Coquinha a foto com as bananas, é pra voce lembrar, de como é banana prata, é beeeemmm diferente de banana da terra. srsrsr

Ramster disse...

Muito legal é a ilha, fazendo trilha então?
Renato a resenha tá show.
Pena que não pude ir.
Vamos marcar a segunda.

JP disse...

kkkkkkkkkkkkk Parecia estar uns 50º.... Teve gente que precisou até reaplicar o hidratante de unhas.. kkkkk..

Foi Fernandes que andou penteando os pelos das pernas ... kkkkkkkk... me deixa viu ???.........kkkkkk

Renato meu irmão, a bike faz destas coisas sempre.. nos conduz a locais inéditos e inesquecíveis... Ah leva sua esposa e toda a família lá mesmo vão gostar muito.
Elsão, valeu em aceitar meu convite e aparecer na Ilha para aquele pedal bem rápido que nos rendeu essa fantástica surpresa que foi a Ilha de Itaparica ! Quem não foi... PERDEU!!
Valeu MURAL !!! Como diz nosso amigo Popó.. é nois !!!!

Fui !!

JP

Elson disse...

Josué, digo Vovuxco, já alterei seu nome na postagem, agora todos irão te chamar corretamente. rsrsrs.

JP o seu convite causou uma boa surpresa que foi essa trilha. Ficou um gostinho de quero mais e a vontade de pedalar não passou...hehehe

Acho que iremos voltar em breve lá!!!

AH! Vovuxco dançando está demais!!!

Um grande abraço a todos Aventureios!!!

LUIS FERNANDO disse...

VOVUXCO, VOVUXCO, VOVUXCO, VOVUXCO, dá uma mais reboladinha para ganhar um picoleixo !!! - só assim para levar a galera ao delírio depois de sol escaldante !!!

P.S.: Algum de vocês sabe onde encontrar pente para desembaraçar pelos das pernas ? tem colega que esqueceu de levar para trilha e encontrou maior sufoco !!!

TRILHA NA ILHA sempre muito legal !!!

Josue disse...

tem uma surpresa, pra quem clicar no nome do vovuxco, mas a promoção é só até amanhã dia 07/12/2010.

Coquinha disse...

É né Josa (VOVUXCO), todos comendo bananinha, heim!!!!
Potácio na veia... cada foto mais bonita que a outra, show de bola galera!!!

Abraços,

Coquinha.

JP disse...

Esse Vovuxco está cheio de surpresas !! Valeu Josa !!

welseman disse...

É moçada, o cara do "Picoleishon" é uma figura conhecida na ilha. Tirou a maior onda com todo mundo e ainda faturou legal. Esse pedal foi nota 10. Renato, da próxima vez favor levar um colete para pedalar no pier ... kkk. Elsão, parabéns pelo excelente roteiro escolhido. Abraço galera.

Renato disse...

Vamos voltar lá!!! VOVUXCO to contigo e nao abro.... hehehehehehehe

Ricardo Popó disse...

Olha Josué Vovuxco, galera vão me desculpar mas não combina com o cara, não tá loco!!!Mas tudo bem, eu como um bom ogro , não consegui postar um comentário para ganhar o brinde, mas tudo bem se vc achar que mereço , eu quero KKKKK mas só se for com meu nome e codinome escrito KKKKKKKKK junto para eternizar , pois se o Elson pensar bem eu sou como um cofundador do Mural, pois fui o primeiro a aceitar um desafio de um expedição uhuhuhuhuhuhu!!! e isto ninguem me tira kkkkk levando o Mural para fora das fronteiras de Salvador.

RENATO disse...

Popó não adianta chorar!!! Perdeu, perdeu, perdeu ... pede pra sair!!! Só posta la quem não é bichona...

Jamberê Cerqueira disse...

Muito legal! Uma dúvida: para entrar no Ferry é preciso desmontar a bike?

Elson disse...

Nós retiramos a roda dianteira para pagar como pedestre. Caso vc não faz isso paga como se fosse moto.

Jamberê Cerqueira disse...

Hum... mas vi que cês montam a roda de novo antes de entrar no Ferry... não há fiscalização??

Mas enfim, tem como alugar bikes boas por lá? Alguma pessoa que ofereça os roteiros prontos... se não for na Ilha, qualquer outro ponto da Região Metropolitana. Penso em iniciar junto a um grupo de amadores.

Abraços!

Abraços!