Trilha Cachoeira do Urubu 4 - A Saga

Penélopes noMural.
Hummm! Nível 4.. sei.. Tava com vontade de diversificar umpouco, treinar mais em trilha, com gente diferente. Lá fui eu fazer a Trilha da Cachoeira do Urubu com o pessoal do Mural de Aventuras.
Quando vi no blog que era Nível 4, confesso que fiquei dúvida se não era melhor ficar em casa guardada. Nãotenho tanta habilidade em trilha por pura falta de treino específico mesmo.Welseman foi o grande incentivador da minha ida. Então argumentei com o meu medo:
- Já passei por tantos perrengues em Corrida de Aventura queteria que escrever um livro pra contar. Ah! O máximo que vai acontecer é elesterem que me esperar um pouquinho! Tiram tanta foto! Tem que parar dequalquer jeito. Então, Sr. Medo, com licença que eu vou!!
Do Rei da Pamonha, perto do Posto da Polícia Rodoviária,seguimos para Amélia Rodrigues, de onde começava o pedal. Arruma pra lá, arrumapra cá! Os ciclistas de Feira se juntaram a nós. Partimos em direção àqueles canaviais do outro lado da pista.
Que região bonita! Tem as Usinas de cana de açúcar com sedesantiguíssimas. Casarões lindos! Vilarejos encantadores! E o caminho até aCachoeira tem vários visuais maravilhosos. Já corri umas 3 provas de Aventura por ali.
Paramos na primeira Vila pra beber algo, respirar e tirarumas fotos. O ritmo já era bom! Mesmo com um grupo grande, a turma estavatreinada para o nível do pedal. Então não tinha muito atraso não! Eu aproveitava cada paradinha, cada minutinho pra recuperar o fôlego. “Sorte querecupero rápido!”
A bicicleta do Coordenador do Mural, Elson, tem suporte para colocar a máquina fotográfica em todos os lugares que você puder imaginar. De frente, de lado, do outro lado, de banda. Tudo era registrado em sua câmera. E a câmera é daquelas que manda e-mail, fax, faz cafezinho, pergunta se você está se sentindo bem e,além de tudo, filma e fotografa. Teve uma hora em que ele pediu pra eu ficar atrás da bike dele pra ser filmada, rs! Imaginem o sacrifício pra me manter na velocidade do indivíduo! Ele parece o coelhinho duracell. Ficou engraçado!
Perto do pedágio, pelo mato é claro!, Elson chamou o grupo para avisar que quem quisesse voltar dali não se constrangesse. Era a chance de retornar antes da parte mais cruel e inóspita do “passeio”. Eram 22 pessoas. Ninguém quis voltar.
A trilha começou a ficar emocionante com os downhills de alucinar, seguidos das subidas, é claro. Nossa! A turma descia em alta! Eu, sempre mais cautelosa, segurava um pouco, embora tenha me jogado nas menos arriscadas. Taty, como sempre, no primeiro pelotão, pedalando forte, mostrando continua uma poderosa Penélope. Welseman,sempre bem! Os outros, nem se fala!
Eu, destreinada em trilha, titubeei algumas vezes, tomando duas quedinhas básicas. Na primeira, desclipei o pedal no pé direito e caí prolado esquerdo no meio de uma ladeira. Sinto-me meio abestalhada quando caio desse jeito. RS! Sempre me machuco com minhas tentativas, em vão, de equilibrar antes da queda. Doeu! Depois tomei outra que me deixou com a perna completamente roxa e vai me tirar da praia por um bom tempo.
Teve aquele trecho desgastante de estradão cheio de lama e buracosde pata de vaca. Tivemos que carregar a bicicleta por um tempão. A lama entranhava nas sapatilhas. O pneu da bike começou a virar pneu de moto... e o peso também... E aqueles rapazes cantando aquela música do "pônei maldito" que ninguém vai esquecer nunca!
Jambo!!! Parecia uma miragem no meio daquele mundão véio cheio de porteiras, com lama pra tudo que era lado. Teve gente pulando cerca ese pendurando nos galhos. Aproveitei pra respirar, é claro! E comer jambo. Mas,a pausa demorou pouco.
Pulamos mais uma porteira para mais um trecho de muita lama. Nada muito diferente das Corridas de Aventura. O consolo era que aquele perrengue era de poucas horas. Não dava pra pedalar, mas, pelo menos, dava pra enxergar bem onde pisar.
Ai gente! Esse povo andava rápido! Baixei a cabeça pra mudar de lado da trilha e, quando notei, o grupo já ia do outro lado do morro. O tal do Elson é o ‘cão de calçolão’! Sobe ladeira que é uma beleza! Todos eram bem fortes!
Antes da Cachoeira, o trecho mais íngreme do pedal. Sem possibilidade de subir pedalando! Precisei de ajuda dos universitários, senão estaria empacada por lá até hoje, igualzinho ao pônei maldito. A linha do trem também nos exigiu paciência para, enfim, chegarmos ao nosso destino.
O caminho de volta seria mais tranquilo se Pedrinho (Ah! Pedrinho!!!) não tivesse voltado para procurar seus óculos de sol. Foram momentos intermináveis esperando Pedrinho (Pedrinhooo!) naquela vendinha na beira do asfalto. Deu tempo de comer peixe frito, tomar guaraná, conversar todos os assuntos e de esfriar o sangue. Teve que Elson e Reinaldo descerem aquelas pirambeiras todas para achar Pedrinho. E ele nem achou os óculos.
Bom! Dali pra Amélia Rodrigues foram 20km em altíssima pelo asfalto. Pausa para fotos na frente da igreja de Oliveira dos Campinhos e,finalmente, a feijoada da mãe de Maurício! Ufa! Que fome que a gente tava! Só Taty arriscou tomar banho enquanto a gente voava em cima da comida. Quase não sobra pra ela, tadinha.
Galera! Desculpem qualquer coisa aí, mas vou aparecer mais vezes. Vou continuar treinando para, quem sabe, acompanhar mais de pertinho a turma da frente. Muito obrigada pela acolhida! E parabéns pela organização, disciplina e pelo pedal de alto nível! Nível 4! Sei... Luciana.
VEJA O VÍDEO ABAIXO. LIGA O SOM!
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR














































































15 comentários:

Ramster disse...

Muito show os vídeos e as fotos. Quase bate a deprê ao ver as fotos e filmagem desta aventura e lembrar que não pude ir, problemas de saúde é fo..., mas garanto que na próxima estarei colado. A turma está de parabéns.
Valeu MURAL DE AVENTURAS, você é 9 que 10 não ganha.
Simplesmente o melhor.

PEDALE SEMPRE! SE PARAR, VOCÊ CAI.

Márcio Ramster.

josa disse...

Resenha muito massa, está de parabêns Penelope, ri muito só lendo a resenha, o CÃO DE CAÇOLÃO, Elsão já tem outro apelido pra voce,a feijoada tava tão boa que teve gente que não tirou o capaçete, outro lambeu o garfo, depois colocou de volta na panela kkk, a fome é f... kkk, Elsão essa nova forma de ver as fotos no MURAL DE AVENTURAS ficou perfeito, sentia falta desta forma de mostrar as fotos, pra galera que não nos conheçe.mais uma vez nota 10 pra tudo ,BMMP.

Renato disse...

Penolope,gostei muito da resenha!!!! Dei muita risada... Assim como Rei se especializou em fazer videos, vc esta mostrando otimo humor para escrever resenha... hehehehehhehehehe

welseman disse...

Luciana! Parabéns pela resenha. Foi uma trilha difícil, mas como todo desafio tem que ter Mural, lá estávamos nós! Você será sempre muito bem vinda nos nossos pedais! Valeu Mural de Aventuras !!!

welseman disse...

Luciana! Parabéns pela resenha. Foi uma trilha difícil, mas como todo desafio tem que ter Mural, lá estávamos nós! Você será sempre muito bem vinda nos nossos pedais! Valeu Mural de Aventuras !!!

JP - João Paulo disse...

kkkk, Lú a resenha está mto massa, dei mtas risadas.
Essa forma de ver as fotos ficou bem mais prática para mostrar nossos feitos ao povo de casa..kk.. Tudo perfeito, que venha a próxima.
João, que feijoada boa da zorraaaa !!! Hora dessas apareça por aqui com essa galera de Feira !

È MURAL !!

JP.

Rei disse...

Show de bola a resenha, parabéns Lú... lembrou de tudo!!! Como é que esquece, não é mesmo?!?!? Moranguinho, o feijão como sempre nota 10!!! As novas posições cama-sutra da Go Pro ficaram iradas... maravilha o video!!! Sem falar na nova apresentação das fotos, ideal para visualizar e salvar... esse o Mural, cada vez melhor e maior!!! BMMP!!! Que venha a próxima!!! Abraço a todos...

Elson disse...

Olá Lú,
Realmente a resenha ficou show! Foi uma satisfação ter a presença das Penélopes com o Mural!
Como sei que gostou, esperamos vocês novamente em outras aventuras. AH! Dia 30/10, vem aí o Troféu Roda Presa 4! Acho que será uma boa oportunidade para termos pela primeira vez a presença feminina nesse tipo de evento! Vamos lá!

Rei, vc é presepeiro mesmo hein!?

Logo em breve vejam aqui no Mural Terceiro dia da Expedição na Chapada dos Guimarães e a Trilha de Aniversário do Mural na Ilha de Itaparica!!!

Vem aí o Corujão 6 (30/09)!!! Preparem-se! Vamos conhecer a Trilha do Piau!!! Hehehehe.

Lucas Malandra disse...

Muito boa resenha!
Eu ri! rsrsrs

Que feijoada boa eh essa rpz?
Que trilha boa é essa?

BMMP! Vlw Mural!

Luciana disse...

Valeu galeraaa! Adorei mesmo pedalar com vocês! E escrever para o Mural! Também quero ir para todas que for possível.. Sempre acompanho as notícias por aqui e pedalo com Wel no meio da semana. Para isso meus amigos.. vou treinar para não botar meus bofes pra fora. Ainda bem que tem as paradas para as fotos!
Quando tiver um pedal de 100km, me avisem.. rs! Mas só serve nível 5! Hummmm! Vou me lenhar! Só gosto de mais de 100km! rs!
Brincadeiraaa! Beijos!! Nos veremos!

Fábio Pita disse...

Nossa galera, pense numa feijoada gostosa.... Olha que minha mãe sabe fazer uma das melhores feijoadas e não é palavras de filho e sim de todos que tiveram oportunidade de experimentar... Porém mainha que me desculpe mas essa feijoada estava maravilhosa, sem falar da farofa de carne seca... Nossa sem comentários!
Opá mas era para comentar sobre a trilha... hehehehe me empolguei ao lembrar do feijão! Mas a trilha como sempre nota 10! Pedalar com pessoas que amam o que fazem é indescritível, pois amor o esporte e praticando com pessoas que compartilham da mesma ideia é melhor ainda!
Vou pedir licença poética a torcida corintiana e vou plagiar o grito de guerra deles para dizer:

"O MURAL tem um bando de doido, doido por AVENTURAS!"

"BMMP"

Abraços!

Marco Vinycios disse...

Rapaz o vídeo ficou massa como sempre!!

Infelizmente não pude ir dsta vez porém pude ver que a trilha como sempre muito dura e muito legal de fazer também. O feijão então humm nem se fala mas parabéns aos muralistas que participaram e que venham as próximas aventuras.


Que a vontade de pedalar nunca passe!!!

Taty Paiva disse...

Só hoje fui parar pra ler seu release Lu. Perfeito como sempre!!
Parabéns Mural, por mais essa trilha maravilhosa, com pessoas muito queridas e esse contato com a mãe natureza que não tem preço.
Parabéns Lu, por ter ido e mostrado que é uma`Penélope muito forte e guerreira! Até a próxima aventura!

César Marques disse...

Olá...não pedalo...mas achei do caramba essa aventura !!! A menina que escreveu a resenha, foi ela que editou o video também ? Que som é esse ? será que pode me mandar o nome do som ? Valeu e sucesso sempre !

Cesar Marques
Jornalista

Elson disse...

Olá César,
Bom que gostou de tudo.
O vídeo foi produzido por mim.
Quanto a trilha sonora, ela é descrita no final do vídeo. Veja até o final...
Um abraço!