Trilha em Sapiranga - Atlântico Bike

Após 1 mês inteiro de expectativa para a tão desejada trilha de Sapiranga, finalmente chega o dia, houve gente que preferiu concentrar-se na praia do Forte no dia anterior, (Léo Capote, que fez jus ao nome levou um pequeno capote, dessa vez a Red Bull não te deu asas, nada a mais além de um susto) o professor Gonzaga levou a família toda para uma passeio na Praia do Forte, houve casos como André, que descansou bem a noite anterior e mandou bem a trilha toda, chegou rindo à toa, houve a turma que combinou 6:30h e chegou 7h, a turma, do "Tô chegando", e haja dispositivos, por último um camarada chegou sorrindo à toa, sem saber pra onde ia e o que fazer, e com uma marca suspeita, deu de tudo, levamos a nossa mascote, a bandeira da Atlântico Bike, que passa a nos acompanhar; Uma pequena reunião para a tradicional foto e partimos, as primeiras pedaladas já mostravam a dureza da trilha, comentei com Mike, "parece que a roda está presa" e ele me respondeu, "Jairão, que alívio, pensei que era só a minha", havia chovido a noite anterior e o terreno ficou meio pesado, passamos por Sapiranga, entramos na fazenda Praia do Forte, área proibida, com a concessão de todos arriscamos, deu certo, fomos até a margem do rio Pojuca, devido a alguns troncos na trilha, vez ou outra era interrompida, mas tudo era divertido e novidade, uma breve parada no rio para descansar e hidratar-se, ao avisar que retornaríamos pelo mesmo caminho, algumas caras feias... logo retornamos para Sapiranga, e a brincadeira foi completa, muitos single tracks, minis downhills, transposição de barrancos, a galera mandou bem, apesar do atraso, houve tempo para um lanche, Gonzaga não sabia mais que desculpa dar a esposa, 'Minha mulher vai me matar", deu pena, peça-a que o perdoe, pois foi marinheiro de primeira trilha, não tinha noção de imprevistos, para completar o atraso ainda tínhamos que resgatar o Léo, que tomou o caminho inverso, foi parar na tirolesa, ora, faltava o grand finale, Arthur de 11 anos, franzino, buzinava o meu ouvido "Pai, a trilha está muito fácil", então levamos a turma pra um uphill de areia, e arrepiamos na descida, mas para desespero de muitos teríamos uma última subida, e aí vem, cara feia, muito chorôrô, e reclamação, que isso não era nível 2.

Segue uma dica para melhorar o desempenho e diminuir o chorôrô, álcool, bicicleta e noite perdida não combinam, e assim fechamos nosso pedal internacional, pois esteve presente em nosso pedal o francês Arnaud Lejeune acompanhado de sua bicicleta Santa Cruz, que deixa uma versão para o pai nosso de Sapiranga.

Padre Jairo e apóstolos, durante a noite, a Sapiranga foi canonizada pela Santa Cruz. A trilha Sapiranga virou Santa!

"Mãe Nossa Sapiranga
Santificado seja o Vosso Nome,
Venha a nós o Vosso Reino,
Seja feita a Vossa vontade
Assim na trilha como na mata.
Mãe Nossa Sapiranga
Perdoai as nossas fraquezas
Assim como nós perdoamos
A quem atrasou o grupo,
E não nos deixeis cair da magrela,
Mas livrai-nos dos tombos.
Amém."

Abraço a todos, e até a próxima. Deixem seus comentários! Jairo.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR






























3 comentários:

Elson disse...

Teve chorôrô foi!!!?? AHHH! Pega a reza da Sapiranga e vai chorar lá no pé do caboclo! rsrsrs.

Galera, quanto Pió é Mió!

Vamos treinar mais para enfrentar uma nível 3! rsrsr.

Show de resenha Jario! A Oração ficou massa!

Vem aí o segundo dia da Expedição! Aguardem!!!

Mike disse...

...Que alívio, pensei que era só a minha!!! kkkkkkkk!
Abraço Jairão! Trilha show de bola!!! Como sempre!!!

Igor Sousa disse...

Grande Jairo!
Arrepiou aí na Resenha! A Oração também foi massa! ahahahahaha

Vc só esqueceu de comentar do talvez melhor momento da trilha, onde no Downhill com curva pra a direita.. o Cleiton veio avoadoo ultrapassando todo mundo e então...??? PAssou direto na curva e sumiu mata a dentro sem freio nenhum!! oiuaHEOIheEOIhueiAHUOIEuehiaHIoaehiE demorou pra voltar a formação viu.. comeu foi folha pelo caminho hahaha!! Show de bola a trilha de Sapiranga Jairo! Que venham as próximas! Abraço