CTM Paralela de Natal

Hoje no CTM Paralela a galera apareceu em massa e pudemos fazer algumas fotos no presépio que foi montado perto do Monumento Luiz Eduardo Magalhães. Clima de Natal no Mural! Vejam as fotos abaixo. Até a nossa confraternização em Sapiranga! Clique aqui e confirme presença na postagem! Até!

















Apresentação da BEST BIKE SHOP e parceria com o MURAL DE AVENTURAS

Agora a BEST BIKE SHOP também é parceira do Mural de Aventuras! Com um projeto inédito, lastreado em conceito operacional totalmente inovador, a BEST BIKE leva em consideração as necessidades, anseios e expectativas do consumidor praticante do ciclismo de todas modalidades e está voltada para o comércio e prestação de serviço especializado de oficina de alta tecnologia em reparo de bikes de competição e passeio.
No CTM Paralela dessa terça (22/11), fizemos uma visita a BEST BIKE que preparou uma maravilhosa recepção ao pessoal do Mural. Essa união promete contribuir ainda mais para a prática do Mountain Bike e realização das nossas grandes aventuras!
Parabéns a BEST BIKE pelas excelentes instalações que tem de tudo para ser um ótimo ponto de encontro da galera amante do ciclismo! Quem ainda não conhece vale a pena conferir! BMMP! 
 VEJA O VÍDEO ABAIXO. LIGA O SOM.


BEST BIKE SHOP
Rua Minas Gerais, 498 - Loja 1
Edifício Viña Del Mar - Pituba
Salvador - Bahia
(71) 3033-3600
bestbikeshop@terra.com.br

6º Dia - Expedição Chapada dos Guimarães (Cachoeira da Martinha)

Que dádiva descrever o que vivemos em mais um dia de expedição do Mural de Aventuras. Depois de uma noite maravilhosa de sono em minha cama boxe, estou frisando isso, por que bem sabemos o que passamos dormindo no chão nos três primeiros dias, rsrsr!!! Nem vou reclamar também das vezes que precisei acordar para interromper o ronco de meus amigos de quarto nesta noite, rsrsr!!! 
Logo cedo acordamos e descemos para nosso reforçado café da manha bem servido e apreciado por todos nós, todos nós mesmo, pois Maurão a essa altura disputava comigo o talher matinal de ouro, para quem no primeiro dia da expedição estava só no chazinho,rsrsrsr!!! Tome-lhe resenha na mesa, rsrsr!
Prontos para iniciar nosso pedal de 90km neste dia, nosso destino era a Cachoeira da Martinha, ponto turístico bem recomendado pelo pessoal da agência de turismo. Nossa foto tradicional de início de pedal e lá vamos nós encarar muito asfalto pela frente.
Após alguns quilômetros percorridos em um ritmo... “brocador”, rsrsr!!! Deparamos com plantações de milho e algodão nas margens da rodovia, alguns turistas que também se hospedavam na mesma pousada que nós, passavam por nosso grupo nos saudando, muito massa!!! Como somos avessos a pedalar em asfalto na maioria dos momentos, logo avistei uma estrada de terra margeando o asfalto, não deu outra, fomos logo limpar os pneus das bikes naquele barro vermelho maravilhoso, rsrsr!!! Confesso que o Piau travesso não resiste as tentações e logo me embrenhei naquele milharal para tirar umas fotos com os sabugos na mão, mas não tive coragem de levar nenhuma espiga comigo, rsrsr!!!
Paramos algumas vezes para hidratar e alongar pois o asfalto e o calor fadigava muito. Ainda conversava com a dor da câimbra que senti no primeiro dia da expedição, mas não era a câimbra de nó e sim de um lacinho bem folgado, rsrsrs!!! (ver resenha do primeiro dia, rsrsr!!) Acabando a lavoura de milho, deparamos com as plantações de algodão, aí galera, foi uma festa só!!! algodão é leve... peguei logo um monte,rsrsrsr!!! Brincadeira!!! Elsão deu a idéia de pedalarmos entre as leiras do algodoeiro e fazermos uma filmagem, devi ter ficado muito massa depois da edição. Bem que eu tomei um quedão em pleno algodoeiro, nem doeu, rsrsr!!! No primeiro momento não entendi por que Popó e Maurão não nos acompanharam na investida algodão a dentro!!! Mas quando saímos da plantação estávamos todos cobertos de um tal espinho chamado “PICAO”, daí os sabidões que tinham o pré conhecimento tiraram a maior onda comigo, Elson e Rei, mas também não saíram na filmagem, rsrsrsr!!! Paramos para retirar os benditos espinhos e continuar nosso pedal. 

Logo chegamos ao acesso a Cachoeira da Martinha, antes de acessar a trilha para cachoeira paramos em um bar e beber um refri que é de lei, pois o calor estava castigando!!! Fomos então explorar aquele ponto turístico tão falado, pois em pleno meio de semana encontramos muitos turistas no local, mas nenhum deles expedicionário como nós,rsrsrs!!! Curtimos muito e por um bom tempo as quedas da cachoeira, muitas fotos e filmagens!!!! 

A essa altura a fome já chegava com força e decidimos bater em retirada em busca de um lugar para almoçarmos, de volta a beira da estrada encontramos um restaurante e ali mesmo paramos. Fomos recepcionados por Kiko, um jovem alto astral, muito atencioso e prestativo, que sua deficiência motora em nada o atrapalhava em suas atividades... Ele sugeriu que pedíssemos meia galinhada, prato bem apreciado por ali!!! Meia galinhada para 5 famintos?! Isso mesmo!! A bicha era grande! Mandamos ver aquela galinhada deliciosa regada a um molho de pimenta na mesma proporção de sabor, rsrsrsr!!!! Descansamos um pouco na esperança do calor dar uma trégua, mas que nada!! Neste momento sempre tem alguns que vacilam dormindo e roncando na frente das câmeras atentas de Elson e viram resenha, rsrsrsr!!! 
Enquanto estávamos repondo nossas águas para retornar ao pedal, Elson e Rei descobrem uma trilha margeando o rio da cachoeira e não deu outra... os caras do “Mural de Aventuras” desceram trilha a baixo explorando em alta, interromperam até um momento de necessidade fisiológica de uma turista desavisada, mais tudo bem rsrsrsr!!! Vamos nessa, pois temos nosso asfaltinho de retorno!!! 
Algumas subidas encaramos como de costume e lá vamos nós espancado e brocando sem dó, seis dias de pedal a musculatura já estáva solta e trincando, rsrsr!!! Não resistíamos quando víamos uma estrada de terra margeando o asfalto e lá íamos nós, um puxando o outro numa fissura só, muitas vezes nem sabíamos onde íamos parar, mas inventávamos uma saída de volta ao asfalto...show, rsrsr!!! Viajando aqui galera em lembrar, rsrsr!!! 
Tenho uma necessidade compulsiva em interagir com minha bike, e quando fura um pneu...!!! nossa é mágico, rsrsrs!!! A galera não me perdoa por não usar no tubeless, paramos para consertar o pneu de minha bike e mais resenha, rsrsr!!! Aquela altura já batia o cansaço, quando avistamos o Ponto Geodésico sabíamos que lá tinha a KOMBI da coca cola nos esperando, pensem num sprint da galera para chegar no lugar!!! Nos deliciamos com umas cocas geladíssimas, por sorte, pois a KOMBI já estava fechando, rsrsr!!!
Até a cidade mais uns quilômetros pois a noite já chegava e fria, a temperatura caiu muito no final da tarde... chegamos ao hotel certos de mais um dia bem vivido e prontos para brindá-lo, como de costume com umas cervas bem geladas, maravilha!!! 
Não me contendo, olhei para piscina do hotel que ninguém queria entrar pois estava muito frio, tinha que aquecer para poder entrar naquela água gelada... não deu outra... investi em umas pingas lá na área de jogos do hotel, uma dose só nem fez efeito... logo eu que não resisto aos lugares mais remotos e inexplorados para levar a bandeira do Mural de Aventuras...tibum,rsrsrsr!!!
Grande abraço e muito obrigado aos meus amigos Muralistas e Expedicionários por mais um dia pedal e histórias para contar. Piau
VEJA O VÍDEO ABAIXO. LIGA O SOM!  
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR