3˚ Dia - Volta do Recôncavo 2 (Cabuçu - Salinas da Margarida - Ilha de Itaparica - Salvador)

Paulo Batera
Dando seqüência a essa aventura, agora irei relatar o terceiro e último dia da Volta ao Recôncavo! Mas inicialmente farei uma rápida retrospectiva do segundo dia: bem cedinho saímos para a trilha depois do café da manhã, como ainda tínhamos o dia seguinte para pedalar, cheguei a uma errada conclusão que poderia ser um “rolezinho” por perto, rsrs. Sendo assim, deixei no quarto da pousada todas as ferramentas: kit remendo, bomba, câmera reserva etc. Logo no início do pedal o meu pneu dianteiro esvaziou, tinha vazado todo o ar pelo pito, os colegas do mural fizeram uma cara daquelas: “Como é que vem para a trilha e não traz o kit reserva?!!” Segundo o amigo André Mandrake em algumas trilhas que fizemos juntos, ele sempre dizia a todos: “Paulinho quando vai fazer uma trilha parece que vai para a guerra! Leva tudo de reserva para não ficar na mão...” Dessa vez me dei mal! Rsrs. Mas o amigo Elson entrou em ação emprestando a sua câmera extra, ufa! Ainda no final do segundo dia comecei a tremer de frio e novamente Elson entrou em ação me emprestando o corta-vento e resolveu a situação. 
Com relação ao terceiro dia, amanheceu e logo pegamos um barco em direção a Salinas da Margarida. A travessia foi tranqüila apesar do apavoramento de Renato, mas o que doeu mesmo foram as pernas com os arranhões feitos no dia anterior em contato com a água salgada do mar, rsrs. Chegando a Salinas, providenciamos um café na padaria onde todos se abasteceram para dar continuidade ao pedal. O amigo Elson ligou para JP que estaria a nos esperar na estrada e quando nos encontramos, nos levou para casa dos familiares para um delicioso almoço. Valeu JP!!! Mas não acabou por ai! Tínhamos que pegar o Ferry Boat. Despedimos-nos dos familiares de JP e seguimos para o terminal chegando quase às 17h. Conseguimos embarcar, fizemos a travessia e chegando em Salvador veio o “Gran Finaly”. Não sei de onde saiu tanta energia! A brocação foi geral, passando pelo terminal da França girando em alta, encostou um ônibus coletivo do lado o motorista abrindo a porta e perguntou: “Vocês estão vindo de onde?” Respondi sem diminuir o ritmo. Quando cheguei no início da ladeira da contorno ai pronto! Liguei o turbo e fui subindo em alta olhando para traz. Já não via mais ninguém dos meus companheiros quando já chegando no final da ladeira me passou o Amigo Elson parecendo um foguete (rsrs). Ao chegar ao bairro da Graça nos despedimos e segui para Brotas chegando em casa com uma sensação gostosa de missão cumprida.Um grande abraço a todos que fizeram parte dessa volta que para mim foi fantástica e também desejar a todos da família Mural um feliz Natal e um excelente 2012! Paulo Batera.
VEJA O VÍDEO ABAIXO. LIGA O SOM!
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR











































3 comentários:

Elson disse...

Apesar no "clima" tranquilo do vídeo, nem parece o sufoco que tínhamos passado no dia anterior, nem os mais de 70km que tivemos de pedalar desse dia! Mas acho que a musiquinha ficou legal! Rsrsrs.

Valeu galera por mais essa viagem inesquecível!!!

Vamos pedalar que 2012 vem aí com muito mais!!!!

Um abraço, Feliz Natal e próspero ano novo!!

Elson.

Rei disse...

Que nada... foi muito light essa viagem!!! Faltou eu lá pra agitar... hehehehehe... ano que vem se preparem-se que não vai ter vida mansa nas viagem não!!!

JP disse...

Galera, mto legal encontra-los no trecho final da Ilha que ao final nos redeu uma trilha enlameada.. rsrs.

Paulinho! Eu que agradeço ! Muito bom poder fazer com os amigos uma resenha antecipada da viagem, regada com cervejas e tira gostos.

Já sabem o endereço, apareçam sempre !

JP.