Trilha na Ilha de Itaparica - Pedalando no Mangue

Já na sexta-feira, me preparava para a grande trilha de Itaparica com a galera do Mural. A ansiedade era muito grande, nunca sei se estou bem preparado pra me jogar numa trilha desse nível. Afinal nível 4 não é aquela trilhazinha de leve, né!? Entretanto, a Trilha da Ilha faz parte do TOP FIVE das trilhas do Mural, e com certeza não é a toa. A dificuldade das longas subidas é muito bem recompensada pelos singles tracks, downhills e paisagens maravilhosas. Bom, 5h da manhã já estava acordando quando Marão me liga me acelerando "bora Leléo, tá dormindo ainda?". Como já estava tudo preparado, tomei uma ducha e fui buscar o tiozão em casa. Dessa vez, não fiz parte do grupo dos velozes e furiosos e desci até o ferry de carro. Já no ferry muitas resenhas, eu fui dormir muito tarde pela ansiedade da trilha, então, ainda estava meio em transe quando entramos no ferry. A galera já pertubando porque minha bike é bem parecida com a de Mário, Rato lançando suas pérolas, coisas que só ele consegue dizer e David Bulcão quase chorando ouvindo a galera comentar sobre a dificuldade da trilha.
Quando encostamos em bom despacho, a ansiedade teria que ser transformada em força, pois logo de cara, já subimos uma ladeirinha beeeem puxadinha. Na primeira parada, um lugar muito legal, uma capela, aproveitamos para tirar fotos, lembrar dos amigos que estariam faltando nessa trilha, além de fazermos 1 minuto de silêncio pelo nosso amigo e primo de JP que se foi.
Bom, agora não tinha mais volta mesmo....era daquele lugar pra frente, aproveitei pra pedir a Deus forças, como já tinha ido uma vez pra essa trilha, sabia que iria precisar....de MUITA!!!! Partimos pra dentro da mata, trechos muito técnicos que exigiam do biker muita concentração para escolher o melhor caminho a seguir. Depois de alguns km's chegamos ao pier, não sei dizer o nome do lugar, mas é muito bonito, mais fotos e resenhas, e lógico, Rato com suas pérolas (isso nunca falta). Subimos o ladeirão e paramos pra beber a primeira coca (pepsi, pode ser?). Logo quando chegamos um de nossos colegas solta uma bomba!!! Isso mesmo, uma bomba que assustou todo mundo, porém, PITA e MANDRAKE foram os mais afetados, uma vez que a bomba estourou bem ao lado deles. Pita ficou de bico por alguns minutos, mas logo depois passou. Ah, e Rato que não parava com suas pérolas, pertubava demais o Paulinho Batera....Paulinho não sei porque, estava meio triste nesse dia.
Depois da coca, o primeiro pneu furado, e pra piorar, era o MEU mesmo! A galera se junta e todo mundo ajuda nessas horas, também é a hora que Rato solta mais pérolas e outros aproveitam pra descansar. Tudo certo... vamos nessa.... aí.... entra aqui e entra ali....e... MANGUE logo a frente.... mas nada pára os Muralistas, e pedalamos no MANGUE (as bikes agradecem a Israel), alguns carregaram as bikes... outros não comeram nada... e jogaram duro.... quando saímos.... alguns só faltavam chorar, Pita começou a lavar a bike...tinha até uma bucha....... Nosso guia e coordenador anuncia que estávamos perdidos... votação pra ver se continuamos ou se voltamos.... todos votam por continuar.... mas antes...temos que consultar o Oráculo.... o sabedor de todas as coisas.... "e aí Rato....vamos pra frente?", o Oráculo nos sugere continuar  no caminho...
Logo chegamos na nossa parada sagrada, A CACHOEIRA dentro de uma fazenda. Banho renovador... a galera bate uma água na bike... e para pagamento, o guardião da fazenda pede a bike de David para dar um rolé. Que logo larga: "as marchas dessa bike estão uma merda"... Nesse tempo a galera já estava pensando no FEIJÃO, inclusive, foi o que me deu forças pra continuar. Adriano, acho que por pensar tanto no feijão, comprou logo seu lote saindo de uma fazenda, levantou rápido, pra ninguém perceber... no entanto... eu estava ligado e não perdi essa cena... Vamos nessa, brocação rumo ao tão desejado feijão. Mas antes, como eu já sabia, vinha o asfalto....puuuuoooootttzzz... pra mim... a parte mais PUNK do nosso percurso.
Logo que saímos da trilha, chegamos na antiga Igreja...muito legal....bonito....pose pra foto de capa do mural....daí descemos para BAIACÚ(Y)... coca... água... skol... amendoim... todo mundo recarregando o tanque... pq chegou a hora delas....LADEIRA... MUITA LADEIRA... os BIG se mandavam na frente... mas sempre esperavam o grupo dos mais lentos... que vale a pena ressaltar... lentos sim... mas não ausentes... a galera demorava um pouco de chegar... mas CHEGAVA... e não parava não... haja perna... Nosso amigo Adriano com seu meião de bába, se batizando no mural club... pedalou foi muito.....todos brocaram...
Chegamos em Barra do Gil, ao tão sonhado feijão que já estava nos esperando. Skol geladíssima, e um maravilhoso banho de MAR. A galera brocou no feijão também... eu peguei mais leve... pq ainda tinham 8km até o ferry. 8km de mais ladeiras. Depois de um descanso, resenhas de bikes parecidas, bikes papucas, carrapatos brocadores, e resenhas do Oráculo, pegamos o asfalto rumo ao ferry... Após adentrar a embarcação... com Paulinho ainda triste... me aconcheguei no chão e acabei tirando um soneca, de leve... estava tranquilo... realizado.... agradecendo a DEUS e meus amigos por um dia tão gratificante... e mais ainda por ter deixado meu carro no estacionamento de São Joaquim.... os brocadores ainda subiram a contorno rumo à seus lares... Que venha a próxima!!!! Aproveitem o vídeo e as fotos! Valeu Galera do Mural! Leo Capote.
VEJA O VÍDEO ABAIXO
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR









































9 comentários:

Israel disse...

Muito bala !!!!!
Sem duvidas essa trilha de Itaparica e uma das mais bonitas e com o mangue inserido no percurso ficou muito melhor.

Elson disse...

Pedalar no mangue é algo inédito, bom que foi tudo devidamente registrado. Vejam o vídeo!!!

Capote, parabéns pela ótima resenha!

Ramster, demorou o vídeo, mas ficou muito bom, gostei muito do texto no final sobre o Mural de Aventuras!

Booooora Mural!

Andre Mandrake disse...

A espera valeu a pena, a resenha, o vídeo e as fotos estão gratificantes.
VIVA O MURAL DE AVENTURAS.

welseman disse...

Boas lembranças de uma trilha especial. Excelente resenha, fotos e vídeo. Valeu galera!!!

Tiagão disse...

Muito massa mesmo! E ainda com Dream Theater e Engenheiros do Hawaii na trilha sonora! Massa!

Rei disse...

Ramster, meu camarada, com a demora e a carniça que tinha sido seu último vídeo, não tinha como este sair ruim!!!

PARABÉNS!!!

Já tinhamos a seleção e agora temos a evolução da espécie!!! hehehehhehe... algumas dicas para melhorar ainda mais serão dadas posteriormente...

Itaparica mais do que nunca no top 5 com a inclução do mangue!!! Bora MURAL... ah, muito bom o texto no final e a inclução do item filmegns nos créditos.
Abração!!!

Ramster disse...

Pessoal, Venho aqui pedir desculpas ao nosso querido amigo Paulo "Batera" Lima, pois esqueci de colocar seu nome nos créditos do vídeo.
E também aproveito para agradecer os elogios.

BMM...

"Dinheiro não compra felicidade... Mas compra uma bike, que é quase a mesma coisa!"

Ed disse...

Ainda não conheço essa trilha estar em meus planos porque se pelas fotos e vídeos já chama a atenção imagine ao vivo parabéns pela resenha e também a produção do vídeo Essa galera é demais uhuuuu pedalar no mangue foi inédito muito bom só faltou mostrar quem estava usando água de beber para lavar a bike Kkk

Leandro Moreno disse...

Galera, realmente ficou tudo muito bom....modé'stia parte...a resenha deve ter criado um desejo grande nos que não foram....Elsão....melhor ainda que vc viu...QUE EU PEDALEI NO MANGUE!!!! NADA DE FRESCURINHA.....Rato....o vídeo ficou massa....mas por favor...NUNCA MAIS DEMORE TANTO!!!!
OBRIGADO A FAMÍLIA MURAL!!!!!!