Perdidão em Imbassaí

Perdidão sempre representa uma pitada a mais de aventura. Sair em busca de novos caminhos quase sempre nos leva a lugares bem diferentes, onde podemos conhecer novas pessoas e encontrar ainda mais desafios.
Quando pensei em Imbassaí logo imaginei duas coisas, vai ter areia e muita ladeira, encontramos isso, mas também várias outras surpresas...
No dia anterior, utilizando o Google Earth, identifiquei uma rota que poderia ser interessante e  que seria o objetivo a ser alcançado (uma grande volta)!
Já no trajeto de carro, descobrimos de Welington e Tornado tinham saído de  Salvador pedalando  até Imbassaí, para então fazerem a trilha conosco. Os caras são psicos total!!! Kkkk. Bora Mural!!!
Iniciamos a trilha pegando um pouco de areia, em certos pontos com empurra bike e o pneu furado de Rei, até que atravessamos a Estrada do Coco e pegamos um estradão e alguns singles, levando até o povoado. Com o sol estava forte, aproveitamos para matar a sede com algumas cocas...
A partir daí entramos em uma mata atlântica, com algumas ladeiras bastante interessantes, foi quando nesse momento o câmbio traseiro XTR da GT de Serjão quebrou... Isso foi também o fim da aventura para Rei  e Renato (Gordinho dos Infernos) que estavam no mesmo carro que Serjão. Azar deles, pois o melhor da trilha ainda estava por vir... Rsrsrs.
O grupo seguiu firme sempre com aquele objetivo de fazer a “grande volta”, pulamos cercas, entramos em pastagens até que caímos em um estradão  onde alguns chegaram a delirar pensando que estavam no trajeto entre Alagoinhas e Praia do Forte, kkkk.
O sol estava bastante forte quando encontramos um bar na beira da estrada, nesse local ficamos sabendo da existência de um rio propício ao banho. Partimos em direção e ao chegarmos, fomos logo para água para um merecido banho refrescante. O lugar era bem legal, somente Mandrake não entrou na água, pois tinha feito recentemente uma tatuagem tribal no ombro, coisa de... rsrs.
Daí para frente entrou em ação Maurão e toda sua experiência em navegação, se não fosse por ele, até hoje estaríamos lá perdidos... rsrs. Falou ele: “Já passei por aqui, a direção correta é para lá!”. Brocamos em alta, Mandrake que desde o início da trilha estava se poupando,  tentou escapar na frente, mas não teve jeito, a galera estava forte. Menos Tornado que parecia mais abatido por já ter vindo pedalando desde Salvador.
Esse foi o perdidão em Imbassaí, valeu muito a pena e por esse motivo já está no Calendário 2013 do Mural a “Trilha em Imbassaí”!!! Boral Mural!!! Elsão.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR




















3 comentários:

Leo Couto disse...

Que beleza, apimentado e cheio de emoção. Passei de moto por aí também e tomei banho neste mesmo local, ainda tinha uma bancada dentro do rio ficava deitado dentro dágua. Pelo visto não tinha mais. Aí subindo ficam os eucalípitos, e mais para cima tem umas corredeiras local muito bonito, lá tem uma trilha massa. No meu blog tem informações (trilha dois de julho), qualquer coisa mostro pra você inloco. Abraço.

Rei disse...

Pooooooooooxa... o jeito vai ser eu fazer essa trilha agora em 2013 para conhecer tudo. Mas a amizade e companheirismo falou mais alto e acompanhamos Serjão após a quebra de sua bike. Sei que fiz falta... heheheh... valeu, Rei.

JP disse...

Registre-se que Tornado e Welington (Uelton) fizeram o trajeto SSA/Imbassaí pedalando, e depois a trilha é claro!

Trilha show!