1° DIA EXPEDIÇÃO TRANSALPES: de Garmisch (Alemanha) a Imst (Áustria)

Finalmente chegou o grande dia! Após meses e meses de ansiedade e preparação estávamos os 4 expedicionários (Elsão, Rei, Serjão e Maurão) no aeroporto de Salvador junto com seus familiares para embarcar para essa que seria a maior aventura de todos nós. O voo com destino a Munique teria uma escala em Lisboa. Chegamos por volta das 14 horas na cidade alemã e fomos rapidamente para o hotel deixar a bagagem para providenciar nossas novas bicicletas... eu, Elson e Rei reservamos ainda no Brasil 3 CUBES iguais numa super loja chamada Rabe Bikes. Quem estiver em Munique pode aparecer por lá que não vai se arrepender. Animadíssimos com os novos brinquedos, voltamos pedalando para o hotel e claro, demos uma parada para brindar as bikes. A noite foi hora de providenciar a montagem dos bagageiros nas bikes para carregarmos alforjes, barracas, sacos de dormir e muito mais. Ao longo da viagem perceberíamos como todo esse peso aumentaria a dificuldade...
Partiu!!!
Na manhã seguinte, dia 13 de Julho, fomos à estação central de Munique para embarcar no trem para a cidade de Garmisch, onde iniciaríamos o Transalpes. Ao longo da viagem de 90 km, podíamos avistar as primeiras montanhas dos ALPES. E era de arrepiar!!! Do lado oposto um belo rio caudaloso de águas claras e muito volumoso, por conta do DEGELO DAS NEVES DAS MONTANHAS. Saindo da estação local não tínhamos ideia para que lado seguir. Para achar a trilha, Elsão abriu os olhos, o aparelho GPS emprestado do nosso amigo Herrera (valeu cara!!), e foi este pequeno equipamento que direcionou nossos caminhos durante toda a expedição.
Logo no inicio do pedal, uma subida que seria somente as “BOAS VINDAS”. Subimos muito!!! Eu, naturalmente, sentia muito pois nunca havia pedalado com tanto peso na BIKE, além da mochila, barraca, colchão, saco de dormir... muitos mantimentos. Enfim, foi muito difícil vencer a primeira subida!!!
Em pouco tempo, destampamos com o belo lago “EIBSEE”. Demos uma volta completa em torno dele apreciando suas águas cristalinas. No final, num restaurante com comidas típicas, pudemos saborear as primeiras cervejas oficiais do Transalpes, além de um peixe assado na brasa. Foi então que enfrentamos o primeiro “passo” (PASSOS são picos extremante altos, que divide montanhas, sempre superiores a 1.000 metros de altitude). Chegando ao topo, avistamos uma bandeira, era a divisa entre Alemanha e Áustria. Com essa montanha vencida, outro restaurante magnífico e mais um brinde. Para nossa felicidade após cada passo era só descida.
Mas a felicidade durou pouco... quer dizer, tristeza não havia, mas sofrimento sim. Voltamos a subir mas ao descer tivemos nosso primeiro contado com um super castelo medieval e passamos por dentro de parte dele. O donwhill a seguir foi alucinante com um precipício ao lado, uma linda floresta de pinheiros e laaaaa embaixo um rio que nos acompanhava...
A programação do dia que era de 58 Km mas como na Europa os dia são bem longos escurecendo por volta das 21:30, pedalamos até tarde. Isso era muito produtivo para nós, porque enquanto estava claro continuávamos pedalando. Eram mais de 12 horas de pedal por dia, e fechamos esse primeiro com 70 km.
A chegada em Imst, na Áustria, foi interessante. Toda vez que pensávamos estar na cidade éramos informados que ainda não era ali... faltavam 2 quilômetros... como demoravam esses 2 quilômetros!!! Quando realmente chegamos já era escuro e fomos direto jantar. Brindamos e graças ao gerente do restaurante conseguimos um hotel para descansar afinal ainda sentíamos a viagem do Brasil para Europa. Eu sentia muito mais cansaço por estar pedalando com peso numa BIKE HARD TAIL. A bike era muito boa, mas eu estava acostumado com bike full e logo de início senti muito a diferença!!!
As belezas dos locais por onde passávamos eram fabulosos. Eu sempre estava a apreciar as montanhas com mais de 3.000m de altitude, magníficas. Era como entrar num quadro de pintura, o qual fazíamos parte das belezas dos ALPES!!!
Me senti muito honrado por estar pedalando na Alemanha e Áustria, pois quando garoto, meu avô falava muito da potencia da Alemanha. Revivi uma saudade eterna. E como minha primeira EXPEDIÇÃO estava sendo na EUROPA, estava tudo com um gosto especial!!! Cumpri o meu objetivo, mesmo sentindo muito os músculos, era pedal de gente GRANDE!!! Sempre que encontrávamos outros ciclistas, chamávamos atenção de todos pela bagagem. Além disso, sempre uniformizados e também com a bandeira do BRASIL todos nos saudavam.
Pedalar com o MURAL DE AVENTURAS é sempre muito especial!!! ELSÃO é um mostro para pedalar... REI, pedala fácil... MAURÃO havia feito dias atrás um pedal de mais de 600Km.. e EU tinha que acompanhar esses CARAS!!! Foi muito duro, cansativo, exaustivo... tinham momentos que ”FILHO CHORAVA E MAE NÃO VIA” RSRSRS. Mas a gratificação estava ali ao nosso lado PEDINDO SEMPRE A DEUS PARA NOS GUIAR (além do GPS), apreciando as belezas dos ALPES! Vejam os próximos dias da EXPEDIÇÃO TRANSALPES aqui no site do Mural! Sérgio Luz.
A VIAGEM
Salvador / Munique
(CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR)

























1° Dia
Garmisch / Imst
(CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR)































































































































10 comentários:

Marco Vinycios disse...

Esse primeiro dia pareceu perfeito, as fotos estão muito bonitas, deu até vontade de pedalar agora!!!!

Que a vontade de pedalar nunca passe!!

Ed Bala disse...

Acho que essa expedição não sairá nunca da memória de vocês. O cenário é deslumbrante, foi realmente um desafio incrível. E Serjão vc foi guerreiro. Parabéns a todos.Que bom que compartilharam conosco com relatos e fotos.

Rei disse...

Logo no início da expedição percebemos o que nos aguardava... este primeiro dia foi muito longo, apreciamos belíssimas paisagens mas tinhámos que pagar com subidas intermináveis. Seriam assim todos os outros dias... mas valeu tudo a pena e faria denovo!!! Valeu Mural...
BMMP!!!

Ramster disse...

Show!

Como sempre tem que ter a loucura do muralista, nesses pedais, kkk!

Giulyano disse...

Fantástico, fantástico, fantastico

SERJÃO disse...

FOI TUDO MUITO INCRÍVEL,TODOS OS DIAS VIVÍAMOS DESAFIOS DIFERENTES, AS EMOÇÕES ERAM SURPREENDENTE E INÉDITAS!

ze.bezerra disse...

É de tirar o fôlego. Tantas imagens bonitas e lugares fantásticos. Parabéns muralistas.

Ricardo Popó disse...

Realmente uma paisagem de tirar o fôlego , parabéns pelas belas imagens . Parabéns galera, parabéns Elson!!!!

JP disse...

Visual Sensacional !!! parabéns galeraaa!!!

welseman disse...

Mural de Aventuras! Cada vez mais longe! Show!!!