Trilha em Imbassaí - A Sucuri e a Preguiça com Dinos Bikers

Conheço o Elson há muito tempo, e tive o privilégio de acompanhar o surgimento e crescimento do Mural de Aventuras. Sempre é uma grande surpresa pedalar com os Muralistas, principalmente pela alegria contagiante dos seus ciclistas e a garra para encarar as trilhas da Bahia, Brasil e do mundo.
Tava querendo conhecer a Trilha em Imbassaí, conheço bastante as trilhas da Praia do Forte, e precisava incorporar esta trilha no meu “repertório”. Liguei para o Elson e pedi o percurso, e ele me informou que o Mural iria fazer esta trilha novamente, então era a minha oportunidade de conhece-la. Avisei os Dinos Bikers e também apareceram o Coelho e Samuel.
Por e-mail recebi a informação que a saída do Mural seria às 7:00 do posto de gasolina da entrada de Imbassaí, e fui uns dos primeiros a chegar e depois chegou o Elson, em seguida chegou a turma do Mural.
Então começou a chover o que atrasou a saída, ai a resenha rolou solta, foi bastante divertido conhecer a intimidade dos Muralistas, muitas brincadeiras e histórias engraçadas, muito legal, até que a chuva parou e iniciamos a trilha.
É sempre muito bom iniciarmos uma trilha sem saber exatamente como seria, por não conhece-la, sabia entretanto que seria um pedal de 50 Km, ai é preciso um bom condicionamento. Logo no inicio, com menos de 10 Km, percebemos que André e Ítalo não estavam conseguindo acompanhar o grupo e as paradas começaram a ficar longas, logo ficamos sabendo que o André tinha feito uma farra na noite anterior, e viu o teto preto, o cara quase desmaiou, estava se arrastando hahahahaha, e o Elson lembrou que todos sabiam que a trilha era de nível 4, então quem não estivesse preparado deveria treinar para não atrapalhar, dureza, o jeito foi André e Ítalo voltarem pra casa mais cedo, o que o grupo não perdoou e foram muitas fotos e filmagens para confirmar a resenha, eu estava lá e estou de prova.
Sem os dois Muralistas ressacados, hahahahah, a trilha fluiu bem, e aceleramos, até a parada para reabastecimento, e novamente a velha resenha, muita risada até a partida, e a expectativa era a próxima parada num remanso do Rio Imbassaí onde havia a esperança de um bom banho de rio. Bom chegamos no remanso e os Muralistas e Dinos começaram a se preparar para o banho. Quando de repente surge uma sucuri de uns 3 metros querendo atravessar a estrada. Diante de tantos Muralistas e Dinos, a cobra se assustou e voltou para o remanso, e ai acabou a coragem de quem pretendia tomar banho, mesmo com a coragem de Peu que tentou segurar a cobra pelo rabo, alias este negócio de segurar uma cobra pelo rabo não é nada comum, hahahaha. Depois de muitas fotos da sucuri e a falta de coragem para o banho o jeito foi seguir em frente, voltamos para o pedal que continuou forte.
Para animar a galera, depois do susto com a sucuri e a frustação do banho de rio, começou a chover, como estavam todos aquecidos aceleramos para manter o corpo aquecido, eu de minha parte coloquei minha capa de chuva, depois de uma gripe de duas semanas não podia arriscar, a capa laranja foi um sucesso, alvo de comentários hilários e muitas fotos, tenho certeza que vai ser um sucesso nas fotos, hahahahaha.
A chuva passou depois de passarmos pela Fazenda Praia do Forte, quase chegando em Malhadas,  e nos deparamos com uma preguiça atravessando a estrada, foi fantástico observar a sua tentativa de acelerar com tanta gente em volta, mas o bicho é realmente lento, tendo sido comparado a alguns Muralistas e Dinos, hahahahahah. Depois de muitas fotos com o bicho, alias quero entender por que, ahahahahah, seguimos em frente até que JP acionou o dispositivo corrente quebrada, todos pararam a foi saudado o bom descanso, com mais de 40 km de pedal.
Neste momento os dinos Coelho e Samuel acionaram um outro famoso dispositivo, queriam encurtar a trilha por que tinham horário para chegar em casa, ahahahahahahah.
A trilha foi excelente, teve de tudo, estradão, “single track, alias fantásticos e o que não podia faltar no Litoral Norte, muita areia, ai podemos ver que realmente tá em cima dos cascos, ahahahahahah. E prá fechar pedalamos pela plantação de eucalipto chegando em Malhadas, com muita sombra e lama, embora não estivesse um dia de sol forte. Recomendo sempre que possível fazer esta trilha, ela esta definitivamente incorporada no calendário dos Dinos.
Agradeço a calorosa recepção do Mural e o desprendimento para compartilhar a Trilha em Imbassaí com os Dinos Bikers, muito obrigado a todos e especialmente ao Elson.
Um grande abraço. Bastião (https://www.facebook.com/DinosBikers).
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR
































































3 comentários:

Plech disse...

Muito legal o contato com os animais soltos na natureza. Bela trilha! Parabéns a integração com o Dinos e Bastião pela resenha.

JP disse...

Ahahah Bastião lembrou de tudo !! Kkk

Trilha cheia de surpresas !! Muito pedal!!!

Anônimo disse...

Pedalar com os Muralistas nessas empreitadas de nível mais alto é diversão garantida, não só pelas trilhas inusitadas, mas pelo astral da galera. Além disso, ter um cara disposto a fazer a cobertura fotográfica, como Elson, faz toda diferença, pois rende boas lembranças para o futuro. Valeu, Muralistas!!!!