Trilha da Tiririca - O Buraco de Esparro, Ataque das Abelhas e o Ofurô do Mural

Fui escolhida pra fazer esta resenha e pensei que seria um pouco difícil ter assunto pra comentar, mas logo no início da trilha percebi que eu estava errada e a resenha já começava nos primeiros kms, quando Kadjon iniciou seguindo o rastro do perfume especial de UM Muralista, rsrsrs. E lá fomos nós rumo a trilha da Tiririca. Poucos metros e Kadjon já devia uma coca-cola por parar pra encher o pneu. De começo tudo indo como esperado, estradão, subida e descida, poeira e eu lá no fundão tentado acompanhar (preciso treinar mais, pq foi assim a trilha toda, hehehe). 
Não demorou e chegamos no momento mais esperado por todos os Muralistas pelo que percebi, o "desafio de subir e descer um morro", sempre com muitas valas e cascalho. Seguimos e logo nos deparamos com um mangue que eu estava considerando "tranquilo" até que me informaram que normalmente tinha lama até o meio da coxa e eu fiquei feliz por não ser o caso no dia. E só pra provar que eu realmente estava equivocada logo ouvi a galera rindo alto e quando olhei pra trás vi Carlinha Dias toda afundada num buraco meio escondido pelas folhas, a resgatamos e logo depois mais um Muralista foi agraciado com um banho de lama.

Seguimos e minha sapatilha não resistiu muito ao mangue e começou a descolar. Paramos e fizemos um "armengue" com fita isolante e aí eu que devia uma coca-cola. O sol não era do mais forte, mas estava muito quente da mesma forma. E seguíamos entre subidas, descidas, um bom pedaço de areia e muita piada acompanhada de boas risadas. E sempre alguém era o alvo, ninguém fica de fora dessa.
Cada vez que aparecia uma super descida todos se empolgavam e chegamos em uma super legal então eu me dispus a descer na frente pra filmar todos os outros. Chegando lá embaixo joguei a bicicleta de qualquer jeito na pressa, deu ruim, por azar foi exatamente na casa imensa de marimbondos. No desespero quando vi uma imensa nuvem na minha direção só fiz correr e gritar "abelhaaaaaaaaa, abelhaaaaaaa". Fui de encontro aos outros, sentei e me acalmei, os comentários sobre esse ocorrido foram censurados por mim mesma, rs. Passado o susto, ninguém desceu a ladeira, fomos todos em silêncio e passamos pela "mansão" dos marimbondos. Houve os que queriam colocar fogo na minha bike junto dos marimbondos, mas como minha magrela não tem seguro foi melhor resgatá-la (Ciro, o corajoso) e seguir caminho. E aí eu devia mais uma coca-cola!
Quando todos estavam a postos pra seguir viagem, a corrente de Carla Dias quebrou. Ninguém reclamou, todos só pensam em mais uma coca-cola!
Pra amenizar o calor e relaxar do susto chegou a hora do "recreio", um bom banho de "cachoeira" e mais resenha ainda, local mais conhecido como "ofurô do Mural". Muito banho, mais "resenhas", muitas fotos e ia tudo muito bem aí "tocou o sinal" e era hora de pegar estrada de novo!
Renovados, metade da trilha feita, partimos rumo ao "Bar Mural" pra repor o estoque de água e ouvir o gaiteiro oficial do mural (não vou citar o nome pra não causar discórdia no grupo, há 2 e ambos se sentem o "oficial" hehehe). Energia e água reposta, seguimos.
Mais a frente, o outro pé da minha sapatilha que estava "bom" resolveu soltar também. Mais uma parada, agora meus pés estavam amarrados com borracha, "amarra gato", corda e fita isolante. E mais coca-cola!!! Todos prontos pra seguir os últimos kms e calma, não tão rápido, pneu furado...Pelo menos não foi o meu, o que todos conseguiam pensar nessa hora?! Coca-cola! 
Enfim, seguimos e depois de uma subida de uns 20km (foi como eu senti), chegamos de volta ao asfalto e ponto de partida.
O que eu concluo dessa primeira trilha com essa galera "mil grau"?! 
1 - Tudo é diferenciado!!!
2 - Nada é problema, tudo é diversão e coca-cola!!!
3 - Ninguém escapa das piadas!!!
4- Só recebemos as fotos depois da resenha feita, por isso fui rápida!!!
5- E eu quero muitas outras trilhas com vocês!!! 
Por fim, muito obrigada a todos, pelo apoio, pelo incentivo, pelas risadas, pelos ótimos momentos e por me fazerem parte dessa galera MILLLLLLL!!! Mara.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR














































































3 comentários:

Rei (coordenador do ano 2015) disse...

Ótima resenha Mara!!!
Pena que não pude ir pra essa trilha que é diversão garantida... as fotos não me deixam mentir.
Mas amanhã tem ilha dos Frades... vamo nessa!!!
BMMP!!!

Elson disse...

Mara,

Que resenha show!!! Vc tem o espírito do Mural, mais uma vez seja bem vinda às Aventuras! Tem muito mais!!!

Amanhã tem Ilha dos Frades, outra aventura TOP!

João Paulo Ribeiro Junior disse...

Kkkkk resenha massa! Ri muito aqui. Poha perrengue de sapatilha é o ó!! Kkk