Nova Muralista: Anastácia Joana Silveira

Bem-vindo a nova Muralista: Anastácia Joana Silveira. 
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto da mesma de uniforme padrão!


3° DIA EXPEDIÇÃO TRANSANDES: San Martin de Los Andes (Argentina) a Pirehueico (Chile)

Terceiro dia de expedição, acordamos após 4 horas de sono nada reparador no hotel Del Viejo Esquiador. Hotel muito bom, no centro da cidade, bem decorado e com ótimas instalações. Boa escolha Maurão! Descemos para o café com fome de prisioneiros de guerra, por sorte o café foi salvador, tinha frutas, pães, sucos, tudo que precisávamos. Só a demanda que era grande e a reposição não conseguia acompanhar a fome dos expedicionários.
Abastecidos, fomos preparar as magrelas para mais um dia de desafio, consertos aqui e reapertos ali, um pequeno atraso na saída, mas todas as bikes em ordem. Partimos enfim, Elsão, Rei, Plech, Kadjon, Sabrina e eu. Dessa vez sem a companhia de Maurão que não pode continuar na Expedição devido a quebra de sua bike no dia anterior.
Na saída aproximadamente as 11hs podemos observar um pouquinho da cidade enquanto pedalávamos já em direção ao nosso próximo destino Panguipulli, o que pareceu ser muito bonita e turística. A temperatura estava ótima para pedalar com um sol forte que esquentava o corpo já cansado. Seguimos umas duas quadras e parecia que seria um dia de pedal leve, até virarmos a direita e olha o ladeirão, subimos ofegantes ainda com o corpo frio pois tínhamos pedalado poucos metros. No topo saímos do asfalto e seguimos uma estrada de cascalho, nos afastando de San Martim de Los Andes. Estrada esta que também era ladeira acima e interminável, quanto mais pedalávamos e subíamos, mais ladeiras surgiam a frente. O movimento de carros era intenso, especialmente em nosso sentido, caiaques, barcos e muitas bagagens a bordo. O destino parecia ser especial para a população a procura de diversão.

Novo Muralista: Alberto Lima

Bem-vindo ao novo Muralista: Alberto Lima. 
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!

Nova Muralista: Mitiê Nóvoa

Bem-vindo a nova Muralista: Mitiê Nóvoa. 
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto da mesma de uniforme padrão!

CicloSalvador - Fórum dos Grupos e Usuários de Bicicleta de Salvador

A proposta do 1° Encontro dos grupos e usuários de bicicleta em Salvador, CicloSalvador, busca aproximá-los para que possam conhecer melhor as suas atividades e de que forma atuam. Assim, o fórum contará com, entre outras atividades:

● A apresentação dos grupos e das atividades desenvolvidas por estes;
● O incentivo ao intercâmbio de conhecimentos e complementaridade das atividades realizadas;
● A criação de um fórum permanente dos grupos interessados na melhoria das condições de uso da bicicleta em Salvador. 

A organização do fórum é coletiva e conta com grupos e colaboradores, como o Amigosdebike Lucia Saraiva, ASBEB, Mural de Aventuras, Bike Anjo Salvador, Coletivo Mobicidade Salvador.

Atualizações com mais detalhes sobre o evento. Clique aqui.

Trilha do Morcego no Percurso da Corrida do CT Gantuá 2015

Diferentemente dos Corujões que começam a noite e terminam de dia, a Trilha do Morcego é o inverso, ou seja, começa de dia e termina a noite. Isso transforma a aventura em ainda mais especial, pois se torna duas trilhas em uma.
Dessa vez o percurso escolhido foi o da Corrida do CT Gantuá 2015 em Praia do Forte, mais precisamente em grande parte da Reserva de Sapiranga. Tivemos o apoio da Gantuá (Alan) que atendeu ao chamado do Mural em fazer esse percurso no estilo “Morcegão”.
Logo no início fizemos uma parada para a foto em frente à Igrejinha e partimos. Alan foi explicando tudo em relação a divisão entre os percursos light, power e megapower da corrida. Logo entramos no percurso power e a galera ficou bastante animada, tanto que Evandro, novo Muralista e estreante em trilhas, tomou uma queda e arranhou a perna. Nada grave, fez até pose para foto (ver abaixo).
Assim como em anos anteriores, o percurso é perfeito, tem de tudo. O mais impressionante é a grande quantidade de single tracks, muitos desses dentro de mata atlântica e em boas ladeiras. Será uma prova de arrepiar, e mesmo não conhecendo o percurso megapower (ainda em fase de mapeamento) somente a galera elite conseguirá fazê-lo.

2° DIA EXPEDIÇÃO TRANSANDES: Liquine (Chile) a San Martin de Los Andes (Argentina)

Depois de relaxar um pouco a ansiedade do primeiro dia, o segundo, pra mim, começou na madrugada gelada de Fundo Los Añiques. Tive o azar de comer uma Hamburgueza com guacamole na Rodoviária de Santiago que me deixou completamente desarranjado e o pior tive febre e calafrios que imaginei que a expedição tinha acabado ali pra mim.
Amanheceu e 7:00 h da manhã todos já estavam prontos para mais um dia de muita subida e suor mais antes disso, tivemos um ótimo café da manhã nos “comedores” do hotel rsrsrs... comedores é o mesmo de refeitório ou restaurante. Antes de sair, visitei o jardim do hotel é claro e ao fundo havia uma descida de água maravilhosa e um jardim repleto de plantas que nunca tinha visto. Tinha uma que eu conseguia sentar dentro de apenas uma folha.
Na saída, a bicicleta de Maurão já estava apresentando problemas no câmbio onde o salvador Plech deu uma mãozinha.
Saímos do hotel e nos primeiros metros de pedalada, Elson lembrou que percorreríamos uns 60 km sem nenhum lugar de parada para reposição de água ou comida. Logo, retornou com Rei para ver se encontrava alguma coisa aberta na cidade e assim, comprou mortadela, água e um limão siciliano para temperar o quitute.
Depois da primeira subida, nos deparamos com uma belíssima ponte cruzando uma corredeira com águas cristalinas que hipnotizavam qualquer um que ousasse ficar parado olhando e logo a frente paramos num desfiladeiro com um imenso vale que seguia as águas de degelo até desaguar nos Setelagos. Após, aproximadamente, uns 3 km de asfalto, para nossa alegria, começamos a limpar os pneus com um belo estradão de terra e pedras soltas que formavam um poeirão pra quem ficava atrás com o Urso desmetido das montanhas Chilenas.
Foi chão, muito chão e enquanto isso, o câmbio de Sabrina só resmungava...

CTM Paralela Especial de Carnaval

ANIMAÇÃO é a palavra que melhor descreve como foi o nosso CTM Paralela Especial de Carnaval. Percorrer os circuitos do carnaval de bike é tudo de bom, ainda mais com essa galera que sobra amizade, união, descontração e brocação! 
Saímos do CTM no Monumento Luiz Eduardo Magalhães (Paralela), pegamos a orla, passamos por Ondina e Farol da Barra, subimos para o Campo Grande, pedalamos pelas ruas estreitas do Pelô e chegamos no largo do Terreiro de Jesus  para experimentarmos o  tradicional “Cravinho”. 
Foi uma noite para ficar na memória de cada participante. Aproveitamos para desejar a todos o ótimo Carnaval. Bora Mural!!!

Trilha na Ilha dos Frades com PG Group

Último dia de janeiro, 31/01/15, acordamos e seguimos às 05:30 para Madre Deus. Lá o encontro com a equipe Mural de Aventuras foi pacato, mas logo embarcarmos e os ares de aventura estava pintando, a paisagem deslumbrante foi surgindo. ILha dos Frades!!!
Início da aventura entre o PG Atlantico Bike e Mural de Aventuras iniciou com uma grande escalada com as bikes nas costas e logo apos, enfim começou a trilha, muitas subidas, singles tracks e descidas alucinantes em alta. Algumas quedas e derrapagens, mas nada muito grave, faz parte do espirito aventureiro...,
Uma pequena Parada para abastecer os camelbakcs e apreciar a vista da praia de Nossa Senhora, em seguida voltamos a Praia de Paramana para almoçarmos várias deliciosas moquecas de mariscos. Já no retorno da escuna, uma suspresa promovida pelo Mural de Aventuras, um mergulho nas águas mornas de um das Baias da Ilha dos Frades. Show de Bike esta trilha!!! Muito TOP!!!
Agradeço ao Mural pela oportunidade. E um grande abraço aos meus brothes do PG - Pedal Group.
Abraços a todos. By Yuri Ventura.

Novo Muralista: Arthur Araújo

Bem-vindo ao novo Muralista: Arthur Araújo. 
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!


1° DIA EXPEDIÇÃO TRANSANDES: Pucón (Chile) a Termas de Liquine (Chile) - Extra Rio de Janeiro

Bem pessoal, fiquei com a incubência de narrar o primeiro dia da expedição dos TransAndes. Mas antes gostaria de falar sobre toda a expectativa e ansiedade que antecedeu a expedição.
Entrei no Mural de Aventuras com o objetivo de me integrar a um grupo de mountain bike em Salvador uma vez que não tinha experiência alguma nesta modalidade de esporte.  Comecei como todos fazendo os CTM e conhecendo pouco a pouco a família Mural e suas trilhas.  Tive a curiosidade de conhecer a história do Mural e ví que surgiu de um aventureiro e que se tornou apaixonado por esse esporte e estruturou este maravilhoso grupo em Salvador.
Lí as várias aventuras narradas no site do Mural, e as expedições sempre me encheram os olhos. Já fiz algumas boas aventuras de veleiro e caiaque, e agora o que me chamava a atenção eram as aventuras de bike feitas pelo Mural, os locais muito bem escolhidos com suas trilhas e belezas naturais dos locais.
Entrei no Mural em abril de 2013 e foi nesse ano que acompanhei os preparativos e a ida de quatro Muralistas para os Alpes, pensei: tenho que fazer isso também. Daí passei a fazer todas as trilhas ao meu alcance e no final de 2013 fiz a Ciclo Aventura da Chapada Diamantina. Esta me deixou ainda mais com vontade de participar de uma Expedição, mas deu pra ver também que não é algo fácil, necessita de muito treino e autocontrole para lidar com as adversidades.
Em 2014, passei a treinar mais intensamente e no jantar de lançamento das expedições de 2014 já assinei a minha intenção de participar dos TransAndes no final do ano. Então, já marquei férias para o período e intensifiquei meus treinos.  Todas as trilhas do mural de nível 4 e 5 eu estava presente, inclusive fiz a temida Serra da Jibóia – All Inclusive que foi um bom treino e teste para a expedição. Fiquei atento aos chamados para da expedição e logo que abriu as inscrições me apressei e garanti a minha vaga.