Trilha do Morcego no Percurso da Corrida do CT Gantuá 2015

Diferentemente dos Corujões que começam a noite e terminam de dia, a Trilha do Morcego é o inverso, ou seja, começa de dia e termina a noite. Isso transforma a aventura em ainda mais especial, pois se torna duas trilhas em uma.
Dessa vez o percurso escolhido foi o da Corrida do CT Gantuá 2015 em Praia do Forte, mais precisamente em grande parte da Reserva de Sapiranga. Tivemos o apoio da Gantuá (Alan) que atendeu ao chamado do Mural em fazer esse percurso no estilo “Morcegão”.
Logo no início fizemos uma parada para a foto em frente à Igrejinha e partimos. Alan foi explicando tudo em relação a divisão entre os percursos light, power e megapower da corrida. Logo entramos no percurso power e a galera ficou bastante animada, tanto que Evandro, novo Muralista e estreante em trilhas, tomou uma queda e arranhou a perna. Nada grave, fez até pose para foto (ver abaixo).
Assim como em anos anteriores, o percurso é perfeito, tem de tudo. O mais impressionante é a grande quantidade de single tracks, muitos desses dentro de mata atlântica e em boas ladeiras. Será uma prova de arrepiar, e mesmo não conhecendo o percurso megapower (ainda em fase de mapeamento) somente a galera elite conseguirá fazê-lo.

Fizemos uma pequena pausa para esperar terminar o cair da noite e logo depois já com as lanternas ligadas, iniciamos o que podemos definir de uma “nova” trilha. A noite tudo se transforma, o bom mesmo é ter boas lanternas (de cabeça e guidão) para poder “brocar” em alta no meio da escuridão. Foi até que no final de uma das descidas insanas, sentimos falta de Jampa, esperamos e nada do mesmo chegar. Peguei minha bike de resolvi voltar para procurá-lo, fui gritando e logo depois comecei a escutar um berro vindo de longe do meio da mata. Continuei a subir a ladeira, enquanto isso o som ficava mais alto e ao dobrar uma curva a direita encontrei Jampa estirado no chão, todo torto e a uns três metros abaixo de sua bike. Inicialmente fiquei preocupado, perguntei ao mesmo o que estava sentindo e ele apontou para o joelho. A sua perna estava dobrada para traz, uma visão nada boa, mas logo depois conseguiu ficar em pé e voltou a pedalar. Fiquei pensando como Jampa conseguiu ficar tanto tempo parado, na mesma posição e no escuro, KKKKK.
Finalizamos a trilha com mais uma parada para hidratação em um bar e com a certeza de que será mais um grande evento a Corrida do CT 2015! Quanto a Trilha do Morcego, esse é tipo de aventura que veio para ficar, faremos mais vezes ainda esse ano. Quem sabe a próxima corrida do CT não seja no estilo Morcegão?! Rsrsrs.
Aproveito a oportunidade para agradecer a Gantuá por colaborar na realização dessa aventura. Dia 15/03, o Mural estará em peso na Corrida do CT 2015! Partiu!!! Elson.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR

























































Nenhum comentário: