1° DESAFIO 200K - SE OS DESAFIOS NÃO FICAREM MAIS FÁCEIS, TRATE DE FICAR MAIS FORTE

Aconteceu no dia 14 de junho de 2015 o 1° Desafio 200K realizado pelo Mural de Aventuras no Terminal de Cargas do Aeroporto.
200Km. Que ideia desafiadora, testar os limites, a exaustão. Não adianta apenas preparo físico, mas todo um preparo mental, toda uma logística, planejamento, pit stops...eu vou, eu fui, eu fiz!
A ideia foi lançada e eu fiquei na expectativa de saber até onde é que iríamos. Até saber num CTM que não iria a lugar nenhum. Circuito fechado do Terminal de Cargas do Aeroporto. Opa, melhor ainda, do lado de casa, conheço o bem o local. Asfalto, bom para os desafiantes de pneus fino. Mas Muralista não bate arrego. E às 04 da manhã, mais escuro que quando eu tinha ido dormir, estávamos lá eu, Elson. JP, Jean, Renato (GDI) e Kleber, junto com uma galera de speed, Eduardo Jorge, Abelardo e Hamurabi. Fotos, ajustes finais, um belo discurso de motivação e o famoso #PARTIU!!!
Em nenhum momento deu a entender que ia ser fácil, chovia e ventava muito. Muitas poças, pegar vácuo não estava fácil e só via Elsão puxando junto com a galera de speed. Mas vamos lá, cada um no seu ritmo.
A medida que o dia ia sendo chamado de dia, e não mais de madrugada, mais e mais gente chegava no TECA, para treinar. Em sua maioria speed, mas ainda uma galera de MTB, Jampa e Alexandre ainda chegaram um pouco atrasados, mas iniciaram o desafio. Uma galera do Pedal de Stella apareceu, e foi muito legal quando chegou um pelotão do Mural. Ja havíamos passado dos 100Km, e as dores já eram constantes. A presença da galera do mural, mesmo que por duas ou quatro voltas foi motivadora e de certa forma até revigorante.
Nos 150Km, as dores já faziam parte do todo. Não existia mais posição na bike, e a guerra era basicamente mental. "Você não vai conseguir", dizia meu cérebro... "encosta ai e para de vez", dizia meu corpo. E eu teimoso que sou, ignorei e seguia em frente. Parei de olhar para a quilometragem, o esquema era pedalar sem pensar muito.
Quando finalmente os primeiros de MTB terminaram, olhei o strava, e já marcavam 180Km, faltavam apenas duas voltas. Nem todos concluíram o desafio, mas mesmo assim, acredito que deve ter sido uma experiência interessante. Fui o último a terminar, com boas oito horas e meia de pedal, muito antes do prazo limite de 11 horas.
Dor?! Que dor?! Cansaço?? De quem?! Superação, desafio cumprido. Redes sociais bombando dando os parabéns!! Reconhecimento de um feito inédito no Mural!!!
Parabéns Elson, JP, Jean e a mim que concluímos de MTB! E também o pessoal de speed: Eduardo Jorge, Abelardo e Hamurabi, não foi fácil para ninguém! Pra quem tentou, parabéns também. Valeu galera do Mural que foi lá dar uma força e motivação, obrigado pelo simples fato de terem ido.
Essa marca vai pra pele! E estou só aguardando por outros desafios!
Tem poucas fotos, mas quem esteve lá, não precisa disso para lembrar...
"SE OS DESAFIOS NÃO FICAREM MAIS FÁCEIS, TRATE DE FICAR MAIS FORTE."
BORA MURAL!!!! Arthur Rafael A. Araujo.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR





Trilha em Sapiranga - O Retorno dos que não foram

No último sábado seria uma trilha especial do retorno de Netão e Kichute que depois de muito tempo afastados do Mural estão de volta. Mas não foi bem assim... 
Bem cedo (4:30 AM) e sob forte chuva já estava de pé nos preparativos para seguir viagem com Elson. Às 6:30h estávamos em Praia do forte que para nossa alegria não chovia. Às 7h chegou Giuliano e nada dos homenageados. Por volta de 7:30h, nada de Neto e Kichute ai partimos para a trilha, só nos três em ritmo alto e muita curtição com os Muralistas que ficaram em casa de mimimi por causa da chuva e perderam um ESPETÁCULO de trilha em Sapiranga ! 

Expedição TransAndes - Chile e Argentina

Veja abaixo todas informações sobre a Expedição TransAndes realizada em dezembro de 2014.

Foram 400km percorridos em 2 países (Chile e Argentina) em 4 dias com quase 7.000 metros de altimetria.

Participantes: Elson Siquara (Elsão), Esron da Silva Carvalho (Nino), Iane Sabrina Lima Ribeiro (Bina), Kadjon Layno Nascimento Placido Santos, José Mauro Chagas (Maurão), Odilardo Pimentel de Figueiredo Filho (Odi), Reinaldo Ferraz Campos Cezimbra (Rei) e Wagner Almeida Plech.

Período: De 26/12/2014 a 30/12/2014

Dia
Data
Trajeto
Distância
Altimetria
Saiba Mais
26/12
Pucón (Chile) / Termas de Liquine (Chile)
97
1935
27/12
Termas de Liquine (Chile) / San Martin de Los Andes (Argentina)
106
2198
28/12
San Martin de Los Andes (Argentina) /Puerto Pirihueico (Chile)
53
899
29/12
Puerto Pirihueico (Chile) / Pucón (Chile)
143
1690

Vídeo da Ciclo Aventura na Costa do Descobrimento (de Prado a Porto Seguro)

Olá,
Vejam o vídeo da Ciclo Aventura realizada pelo Mural de Aventuras na Costa do Descobrimento com participação dos Muralistas Alexandre Gomes (Alex), Elsão, Esron (Nino), Janilton Almeida (Ito), João Ramos (João Rider), Luiz Junior, Marcelo Rodrigues e Odilardo Filho (Odi).
O trajeto passou por lugares de rara beleza de nosso litoral como: Prado, Cumuruxatiba, Corumbau, Caraíva, Praia do Espelho, Trancoso, Arraial D'ajuda e Porto Seguro.

Vídeo do 2° Dia Ciclo Aventura Chapada Diamantina - Rio de Contas

Vejam o vídeo produzido por Antonio Cerqueira (Cerca) do 2° dia da Ciclo Aventura Chapada Diamantina em Rio de Contas. Show!!!

2° Dia Ciclo Aventura Chapada Diamantina - Rio de Contas

Primeiramente, como não poderia deixar de ser, gostaria de agradecer a acolhida e a simpatia de Seu Sérgio e sua família. Rio de Contas é uma belíssima cidade da Chapada Diamantina, muito especial, e se torna ainda mais especial quando somos tão bem recebidos. A cidade respira o Brasil Ride. Por todo lado há referências e lembranças da competição.
Nosso segundo dia da Ciclo Aventura Chapada Diamantina em Rio de Contas, começou com um maravilhoso café da manhã na casa de Seu Sérgio, que estava tão bom que nos fez sair às 09:35 da manhã para pedalar.
Seguimos em direção a barragem do Rio Brumado e entramos na trilha. De início pegamos um trecho bem técnico, tão técnico que fez nosso companheiro e guia local Osmar, quebrar sua gancheira. Paramos em um leito de rio seco, onde havia uma descida e uma subida que exigiam de perícia para vencer. Ali iniciamos uma brincadeira, para saber quem conseguia e quem não conseguia passar pedalando. Eu quase não passo, mas consegui. Cerqueira quase não passa, mas conseguiu. Kadjon conseguiu com honra, porque na chegada pedalou com apenas a roda traseira. Como gancheira não se acha em trilha, Osmar ficou impossibilitado de prosseguir, se despediu de nós e foi correr atrás da peça, para nos encontrar no povoado do Mato Grosso, nosso próximo destino.
Continuamos na nossa trilha super técnica (difícil de acreditar que alguém zere aquilo tudo no pedal) e quando voltamos para o estradão, nos deparamos com sombra e uma roça de tangerina, nos convidando para darmos uma parada. Assim fizemos e nos refizemos para prosseguir nosso pedal.
Até chegarmos ao povoado do Mato Grosso, nosso pedal foi subindo, subindo, subindo em estradão, beirando roças de manga, café e hortaliças que servem ao consumo local. Rio de Contas é reconhecida internacionalmente pela qualidade do seu café. Mas teve gente, que não conseguiu subir, subir e subir, aliás até que subiu, mas em um caminhão, e foi assim que Sabrina chegou no Mato Grosso, de carona em carroceira de caminhão. Deve ter sido proveitoso, porque ela quando passou por nós, ria que só!!!

Novo Muralista: Paulo Fernando Brown Fernandes (Kichute)

Bem-vindo ao novo Muralista: Paulo F. B. Fernandes (Kichute).

Kichute, começou com toda força no Mural de Aventuras, passou um tempo afastado dos pedais, mas agora está de volta a família. Vamos nessa!!!! 

Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!

1° Dia Ciclo Aventura Chapada Diamantina - Rio de Contas

Chega então o grande dia!
Depois de uma viagem movimentada de Salvador para Rio de Contas, na tarde e uma parte da noite do dia anterior, estamos todos prontos para partirmos na primeira CICLO AVENTURA da CHAPADA DIAMANTINA em Rio de Contas.
Convidei para juntar ao nosso grupo, o amigo Rio Contense, Osmar Cruz, para me ajudar na condução dos percursos. Antes de partirmos o presenteamos com uma camisa do Mural de Aventuras.
#PARTIU!!
Da porta de minha casa, avistamos a “capelinha” (famosa no percurso do Brasil Ride). Vamos lá!!
A trilha já começou com um esquenta, uma subida que nos daria acesso à “capelinha”. No local, visual muito bonito, mesmo com algumas nuvens no momento baixas registramos as fotos, começamos então a tentativa da descida radical do Brasil Ride.
Diante de todos, somente Sabrina conseguiu uma bela performance de descida em parte dessa ladeira, com um grau de dificuldade muito alto. Em seguida, subimos a ladeira para o “campo de aviação” e em um determinado trecho descemos uma parte da “estrada real norte”. Adrenalina pura! Os Muralistas já estavam sentindo porque Rio de Contas hoje é considerada a cidade da Chapada, juntamente com Mucugê, o melhor mountain bike do Brasil.
Voltamos à capelinha para fazermos a descida lateral direita, todos descemos, mesmo com alguns trechos com valas provocadas pela chuva, mas, bem mais fácil que a anterior, onde somente Sabrina escreveu seu nome.
Em seguida, passamos sobre o paramento da barragem e os conduzi à válvula de descarga para algumas fotos. Eu particularmente ,estava muito feliz, pois realizei um sonho em pedalar na minha terra com o melhor grupo de MTB e com todos esses amigos formidáveis. Prosseguindo, chegamos à Cachoeira do Fraga, relembrei os meus banhos com meus amigos da época, onde em uma das quedas d’agua, pudemos sentir a caudalosa cachoeira caindo sobre o corpo, uma massagem natural. Alguns resistiram, mas a maioria estava dentro da água gelada.

Novo Muralista: Marcelo da Silva Felipe (Felipeta)

Bem-vindo ao novo Muralista: Marcelo da Silva Felipe (Felipeta). 
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!

Trilha do Recôncavo (Cabuçu / Santiago do Iguape) - O Batismo

Imagine uma trilha com a cara do Mural de Aventuras…
“Elson, você beija quando... kkkk” Só quem realmente foi para a trilha do Recôncavo vai entender essa. Mas é muito prazeroso acordar as 04:00hs para pedalar, há quem nos chame de malucos, mas não sabem que o melhor da vida deve ser vivenciado a 1000 grau!!!
Eu e Mara, partimos de Salvador em direção ao ponto de encontro (Rei da pamonha - Simões Filho). Chegando lá, encontramos Elson e Kadjon. Pouco tempo depois chega Fernando para unir-se a nós em mais uma trilha cheia de brocação e superação de desafios. Por volta das 06:00hs partimos para Cabuçu, logo em seguida Elson recebe uma ligação de Plech, que pede para esperarmos pois já estava a caminho na BR-324. Kadjon e Elson ficaram muito felizes, pois paramos num restaurante e os dois se esbaldaram no café da manhã daquele local, sem falar que foi uma parada estratégica para o número 2 (vocês entenderam né?).
Logo, decidimos seguir para o destino - que passaríamos por Santo Amaro até chegar a Cabuçu. Como Plech estava atrasado, sabíamos que o almoço estava por conta dele!
Por volta das 08:00hs iniciamos realmente a trilha, onde voltamos pela pista saindo de Cabuçu até pegar a trilha com algumas subidas e descidas fenomenais. Como não conhecia a trilha, eu ia me maravilhando com o belo visual do recôncavo baiano, pois subíamos cada vez mais, e a vista era de tirar o fôlego!! Víamos Salvador e a Ilha de Itaparica bem de longe, um contraste da paisagem unindo o mar e a floresta, mas sem dúvida alguma, uma das mais belas que já vi... Em algumas horas eu já estava cansado de tanta subida, Mara se posicionava sempre superando cada subida e eu ficava para trás. Após pedalarmos quase duas horas e meia, tivemos a primeira parada para um lanche e repor as energias. (confesso que eu já estava mortoooo, mas não me entreguei ao cansaço). Subimos mais um pouco passando pela subida do passarinho e por alguns single tracks, logo aparece mais uma bela paisagem, uma vista bem do alto onde vimos Santiago do Iguape por completo e o rio que beira a cidade. Em seguida Elson avisou que teríamos uma descida ao estilo Mural de aventuras, e foi mesmo de arrepiar! Uma descida em calçamento e curvas, trajeto cheio de emoção. Daquele lugar fomos a Santiago do Iguape, e para surpresa de todos, o pneu da bike de Elson começa a vazar e ficamos parando para encher com a bomba, rodávamos um pouco mais e parávamos novamente para encher o pneu. Quando chegamos a Santiago do Iguape fomos almoçar, era uma birosca (Elson já conhecia o lugar), mas o almoço era maravilhoso... fiquem com água na boca, mas comemos ensopado de ostra, sururu, siri catado e moqueca de arraia tudo isso por um precinho. Enquanto aguardávamos servir o almoço Elson e Plech consertavam o pneu da bike de Elson, e Kadjon falava como foram as aventuras na expedição Trans Andes, pasmem! Não faltou falar de ninguém (oh língua ferina...) quero morrer amigo de você Kadjon.

Novo Muralista: Oscar Cardoso Neto (Netão)

Bem-vindo ao novo Muralista: Oscar Cardoso Neto (Netão). 
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!

4° Dia Ciclo Aventura Costa do Descobrimento: De Trancoso a Porto Seguro

Era manhã de 3ª feira, dia 21 de Abril e feriado nacional. Dia em que é lembrada a morte de Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes) que é reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira, patrono cívico do Brasil, patrono também das Polícias Militares dos Estados e herói nacional. Lá estava o sol brilhando incessantemente junto ao Mural de Aventuras para iniciar o 4º e infelizmente último dia de pedal da I Ciclo Aventura na Costa do Descobrimento.
O local de saída foi na pousada que dormimos chamada Bom Astral no famoso Quadrado de Trancoso, a mais mimosa do pedal e na minha humilde opinião, um charme. Luiz, Nino e eu ficamos na cobertura da mansão do Mural, por sorteio. Uma vista maravilhosa do litoral bem na nossa frente. Olhando da varanda dava para ver uma enseada de areias brancas, mata verdinha e um mar azul topázio. A pousada fica super bem localizada com acomodações limpas, bem conservadas e confortáveis a preço justo com bom atendimento pelo menos na época que aportamos lá e olha que foi sem reserva mesmo! O café da manhã também foi a contento, sem muita fartura, mas agradou. Só faltou informarem que tinha tapioca feita na hora. Todos passamos batidos nessa.
Meu cotovelo que no final do terceiro dia de pedal resolveu inflamar, mas na manhã do quarto dia estava bem melhor, também pudera depois da dose cavalar de anti-inflamatório receitada pelo nosso advogado/farmacêutico Luiz. A dose foi tanta que teve seu efeito colateral no estomago, mas dessa vez consultei o nosso e mais famoso Farmacêutico de Nova Soure - BA o "Dr" Esron para um remédio para o remédio, rsrsr. Pois bem nem parece, mas já estávamos na reta final da nossa ciclo aventura que iria terminar lá em Porto Seguro. 
Mochilas arrumadas, bikes prontas e partiu! Giro rápido no Quadrado para fotos, selfies, contemplação do visual das praias lá de cima e pé no pedal e lá vamos nós para estrada que liga Trancoso a Porto Seguro (via ferry em Arrail D' Ajuda). Estradão divertido com algumas subidas e descidas tipo montanha russa e claro costelas de vaca. No caminho descemos em direção a costa onde chegamos na praia Taipe que segundo um guia que estava explicando para os turistas enquanto passávamos foi ali que o Neymar e o Daniel Alves passaram o réveillon. Se é verdade não sei, mas foi motivo de resenha, rsrsrs.