Trilha do Padre - Trá Trá Trá Trá Trá

Fui contemplado com a missão de descrever um pouco das emoções dos Muralistas que se fizeram presentes na T. do Padre rsrs. Fui um dos primeiros a chegar no ponto de encontro juntamente com minha dupla, aos poucos foram chegando os Muralistas e a resenha já sendo formada ali mesmo, trá trá trá trá trá, chega o mais novo coordenador do Mural com sua metralhadora para sua segunda trilha como coordenador, vamo q vamo! Foram passadas as coordenadas pelo nosso master, partiu trilha...
Como foi dito no grupo a do Padre já fica dura logo no início kkk sendo uma mescla de nível 3 e 4, seguimos pela rodovia até pegarmos estradão logo de cara duas ladeiras com uma boa altimetria para aquecer o sangue verde dos Muralistas de plantão, aff essa trilha promete, pegamos novamente um estradão ao som do Harmonia do Samba, repertório Ito Muralista. Um single track que nos levou a uma porteira onde de cara mais uma ladeira o que não era mais problema uma vez o sangue quente o que vier é lucro, passada a subida logo fomos bem recepcionados por uma cadela SRD (sem raça definida) que logo adotou o Muralista Israel como padrinho, rsrsrs! Elsão pede para que os Muralistas façam o máximo de silêncio possível pois naquele momento era celebrada uma missa/oração, disse também; aqueles que se sentirem a vontade podiam estar participando da oração na capela. Me lembro bem a cara de Renato GDI escorado, ninguém sabia se estava cansado ou se estava orando, kkkkk. Algumas fotos para deixar quem não foi com uma inveja branca kkkkk! O melhor estava por, nisso a receptividade da mascote mencionada à cima era das melhores, nos acompanhava a todo lado. Logo Elsão grita mais uma vez, partiiiiiiu, hum! A cereja do bolo estava por vir, passamos por mais uma porteira desta vez em direção a um pedacinho muito parecido com o quintal do Mural a boa e sempre supreendente Sapiranga, algumas passagens técnicas com um terreno bastante misto que logo nos levou a um desafio proposto por Elsão!

CTM Paralela: A Cada Semana uma Aventura Diferente

Agora no Alphaville, o CTM dessa semana contou com uma presença ainda maior de uma galera alto astral! Dessa vez a aventura noturna foi pelas trilhas e ladeiras do Parque Tecnológico. 

A cada semana fazemos um roteiro diferente que conta, entre outros com: CIMATEC, Greenville, Parque Tecnológico, Pituaçu e CAB!

Semana que vem tem mais! Venham participar do Mural!!! Partiu!!!



1° Dia Expedição Serra do Rio do Rastro e Vale Europeu

LUCAS - Eis que surge no calendário do mural, dia 20 de Maio a cerimônia de divulgação das expedições de 2015. Imagino que o sonho de todo muralista de verdade seja participar de um desafio dessa magnitude, até então eu estava despretensioso, mas a medida que o tempo foi passando fui criando coragem e  fui o primeiro inscrito para o desafio da Serra do Rio do Rastro e Vale Europeu (Lucas Rocha). Depois de apenas 30 minutos o time estava completo, 8 muralistas, devido a grande procura foram abrindo mais vagas até chegar no numero de 12 muralistas, seria a maior expedição de todos os tempos até então, 6 veteranos e 6 novatos! Elson criou logo o grupo de zap e começamos a resenha para discutirmos assuntos relacionados a viagem. Como sempre existem arregões, dessa vez não podia ser diferente, primeiro Piau (durante as inscrições) e depois Plech.
Com 2 meses de antecedência começamos os treinamentos: com/sem peso, ladeiras, trilhas, inclusive o “SE HOUVERTREINO”, ( frase de Serjão ) nova expressão do mural; solicitação de alvarás com as esposas com contrapartidas que variaram de viagens até um carro zero. Dia 03 de Dezembro tivemos uma reunião na Casa Verde no estilo mural com a participação de todos (exceto Nino) e suas mulheres para esclarecimentos sobre a viagem.
Nossa viagem estava marcada para dia 25/12 as 5:27, ou seja, tivemos que sair da ceia de natal direto para o aeroporto. Aos poucos os pré-expedicionarios foram chegando e despachando suas bikes, mas a partir do sexto começaram a surgir os problemas, a companhia aérea informou que poderíamos embarcar apenas 5 bicicletas no voo, mas nada como uma boa conversa e conseguimos resolver a situação e partimos em direção a Floripa. Ao chegarmos em nosso destino Alexandre (do transporte ) já nos aguardava para nos levar para Orleans, local de partida. Bikes arrumadas na carretinha e partiu, fizemos uma parada para almoço numa cidadezinha chamada Paulo Lopes (nome de meu tio, rs). Chegamos a Orleans, fizemos o sorteio dos quartos e fomos montar as bikes para o dia seguinte. Com tudo organizado Elson marcou um horário para irmos numa pizzaria.
26/12/15 o dia amanheceu nublado, com neblina nas serras ao redor do hotel, seria uma previa do que viria ao longo do dia. O primeiro dia estava programado para encararmos a Serra do Rio do Rastro, um dos cartões postais de SC, eleita em 2012, a estrada mais espetacular do mundo pelo site espanhol www.20minutos.es, localizada no município de Lauro Müller, a mais de 1421 metros de altitude, inicialmente chamada de Serra do doze, com obra concluída em 1956, pavimentada em 1987  e iluminada em 2002 através de energia eólica.

CTM Paralela Bomba no Alphaville

A mudança do ponto de encontro do CTM para o Alphaville Paralela, demonstrou ter sido bastante positiva. Ontem tivemos uma boa participação de Muralistas e uma galera que compareceu pela primeira vez e experimentou um pedal diferente no Parque de Pituaçu com o Mural de Aventuras.

O horário e a forma com que fazemos o nosso pedal não mudou, cada semana teremos um roteiro diferente que conta, entre outros com: CIMATEC, Greenville, Parque Tecnológico, Pituaçu e CAB!

Semana que vem tem mais! Venham participar do Mural!!! Partiu!!!


CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR







Trilha em Sapiranga: A 1ª vez...

A 1ª vez...
A 1ª vez a gente nunca esquece... A 1ª bike, o 1º beijo, os primeiros acontecimentos...
Foi nesse contexto que fizemos a 1ª trilha do ano de 2016 que ocorreu no nosso pequeno paraíso do MTB chamado Reserva Sapiranga. Teve a 1ª participação de um novo muralista (Tiago, ou Tico), teve o 1ª atraso de Serjão por conta de pneu estourado e tb a 1ª queda voadora e cinematográfica de Elsão por causa de um toco “despretensioso” (toda documentada por JP !).  Mas para mim um acontecimento especial e inusitado: A minha 1ª participação e resenha como novo COORDENADOR do Mural de Aventuras !! Isso mesmo! Fomos convidados, Marta e eu, pra um jantar no dia anterior por Elson e Ró, onde em seguida apareceram Rei e Vanessa. Aí eu já percebi que era uma armação! Rsrs... Não teve jeito! Aceitei o convite de bate-pronto, li e assinei um Termo de Compromisso, não havia como recusar !  JP me deu as boas vindas por telefone, estava relax em Itacimirim.
Voltando à trilha, fizemos um percurso misto, nível 3, com muitos singles tracks, o ponto forte de Sapiranga. Elsão passou algumas dicas sobre o Percurso da Corrida do CT Gantuá que ocorrerá em 06 de março e aproveitou para treinar sincronia com sua parceira deste ano, Carla Guimarães. Choveu forte em parte da trilha, o que só fez aumentar a emoção e adrenalina. Trilha show!

Novo Muralista: Neylor Bahia Soares

Bem-vindo ao novo Muralista: Neylor Bahia Soares.
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!

7° DIA EXPEDIÇÃO JALAPÃO: BIKE PARK E SERRA DA CATEDRAL

Sete expedicionários e sétimo dia de expedição, eu já não tinha mais opção, este seria o meu dia de escrever a resenha... então aqui estou para relatar o penúltimo dia da expedição Jalapão 2015. É uma satisfação muito grande relembrar e contar tudo o que aconteceu, pois a emoção reflora como se voltássemos no tempo.
A saudade e o desejo de que não terminasse já era sentido por todos. Brincávamos no dia anterior que hoje seria um “Day off” da expedição, e foi mesmo. Todos acordaram tarde, aproveitando as camas de casal nas buritibanas (cabanas feitas de buriti), camas essas que cada expedicionário teve uma para chamar de sua. A energia do Jalapão Ecologde, onde estávamos hospedados, era solar... nada de TV ou ar condicionado, dava apenas para recarregar as baterias dos nossos equipamentos. O café da manhã foi melhor do que nos dias anteriores. E após comer, alguns voltaram a dormir nas redes disponíveis no redário ou nas cabanas. Tudo ali era 5 estrelas pra gente!!! Foi quando o gerente do local nos convidou para conhecermos a famosa suíte presidencial. Uma escada, feita com pneus usados de automóvel, nos levou até uma pequena construção no topo da colina feita com riqueza de detalhes. Com grandes vãos abertos para o exterior e protegidos apenas por cortinas tipo roll-on, os hospedes podem desfrutar, mesmo deitados na cama, de uma vista privilegiada da serra da cadetral. Um sanitário exclusivo garante privacidade mas o ponto alto é a banheira de hidromassagem no terraço. Teve gente pedindo para ligar. Outros disseram que vão trazer as esposas para se hospedar ali... só quero ver quem vai cumprir a promessa.
Ninguém queria saber de pedalar e a maresia continuava imperando na hospedaria. Almoçamos, dessa vez com Coca-Cola, pois haviam abastecido o estoque. Combinamos o horário para conhecermos o bike park e fomos descansar mais um pouquinho... eu particularmente já não aguentava mais ficar ali sem fazer nada. O “sangue nos olhos” e a vontade de pedalar estava voltando. Foi então que por volta das 15 horas todos estavam prontos para finalmente testarmos o circuito do bike park.

CTM Paralela: Novo Local de Encontro

Olá pessoal,

Buscando a melhoria constante dos nossos eventos e devido as obras do metrô no Canteiro Central da Paralela, para que tenhamos uma melhor saída dos nossos pedais semanais e maior segurança, a partir de 19/01 (terça-feira) teremos um novo local de encontro para o CTM Paralela, que será no Alphaville Paralela (pegar 1ª entrada) na rua Pituba em frente ao club.

O horário e a forma com que fazemos o nosso pedal não será alterado, estamos com vários roteiros incríveis que variam a cada semana como: CIMATEC, Greenville, Parque Tecnológico, Pituaçu, CAB e outros! Venham participar do Mural!!!


Agradecimento Especial

Olá pessoal,
Informamos que nosso amigo e Muralista Josué (Josa) está deixando a coordenação do Mural de Aventuras devido a impossibilidade de continuar a atuar diretamente em nossas atividades.
Aproveitamos a oportunidade para agradecer imensamente a sua contribuição enquanto coordenador. Obrigado Josa!!!
Ressaltamos que ele continua Muralista e logo que possível voltará com força às aventuras conosco, afinal a sua presença nos faz muita falta. Bora Mural!!! 





Novo Muralista: Orlando Pinto de A. Castro Júnior

Bem-vindo ao novo Muralista: Orlando Pinto de A. Castro Jr.
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!

Novo Coordenador do Mural de Aventuras: Antonio Cerqueira

Olá pessoal.
É com grande satisfação que anunciamos a incorporação do muralista Antonio Cerqueira (Cerca) como parte integrante da Coordenação do Mural de Aventuras.  Parabéns Cerca, com sua colaboração sempre atuante, temos certeza que irá contribuir ainda mais para melhoria de nossas atividades, bem como crescimento do grupo.
BORA MURAL!!!

2° Dia - Ciclo Aventura Costa dos Coqueiros (de Sítio do Conde a Subaúma)

As Ciclos são conhecidas como as Férias do Mural, e no dicionário português a palavra Férias significa: "s.f.pl. Época de repouso. O corpo humano não pode atuar com toda sua potencialidade sem períodos frequentes de repouso." Pois bem, esse significado se encontra apenas no dicionário, porque na vida Muralística isso tem a seguinte definição: época em que se broca mesmo quando o corpo deseja repouso.
Acordamos bem cedinho no Hotel Portal do Mar, tomamos nosso café, alguns cansadinhos do primeiro dia e partimos para finalizar nossas "férias". O sol deu logo boas vindas e para complementar nossa saída pegamos um estradão cheio de costela de vaca. Passamos por Barra do Itariri, atravessamos um rio com as bikes na cabeça, pois a água batia quase no ombro e a correnteza puxava muito, quando Elsão grita partiuu, o câmbio de Handel quase parte. Rs Depois de ajustado, pedalamos beira mar, com uma paisagem lindíssima! Em alguns momentos a areia estava bem fofa dificultando o pedal. Quando eu pensava que tinha acabado, lá vem outra travessia com as bikes na cabeça para dar acesso a Baixios! Só que dessa vez a correnteza estava pior e tivemos que fazer várias viagens para atravessar, e isso deixou muita gente cansado, inclusive eu! Rs Uma leve parada para admirar a paisagem e partimos para tentar almoçar em uma pousada.
Chegando lá, a pousada estava lotada e não tinha almoço para todos. Almoçamos em um bar próximo a praia de Baixios, e aí já sabem né? Foi comida pra ver o caco, todo mundo comeu, comeu, comeu, e esqueceu que ainda ia pedalar muito. Barriga cheia, quero dizer, barriga entupida de comida partimos em direção as lagoas. Pegamos um pequeno trecho de asfalto e logo em seguida, pulamos uma cerca, e a partir daí a brincadeira começou. Meu Deusss tanta areia em um lugar só, já estava ficando maluca, foram 22km só de areal e muito cansaço. Foi a partir daí que a resenha caiu para o meu lado. Rsrs.

Novo Muralista: Willyam Pereira Rocha

Bem-vindo ao novo Muralista: Willyam Pereira Rocha.
Em breve atualizaremos a página "Muralistas" com a foto do mesmo de uniforme padrão!


Trilha em Imbassaí e Bike Fraldas de Serjão

Um verdadeiro SHOW de FRALDAS, que maravilha foi essa trilha, LABORATÓRIO DA ALEGRIA!
Pontualmente às sete da manhã no posto em Imbassaí, depois de registrarmos as fotos, eu com um monte de fraldas ofertadas pelos participantes desta trilha, partimos para a última de 2015.
Tivemos a agradável presença do nosso amigo, agora muralista “RAMIRO” da “RAMIRO BIKE SHOP”, nos alegrou bastante em todo o percurso com os seus conhecimentos técnicos, valeu Ramiro!
Esta trilha é muito dura nos primeiros 12Km, quem não está habilitado, já sente um pouco: sede, calor, câimbras, .....suadeira, pois estava um sol para cada hum, muito quente inicialmente, até um ponto (embaixo de uma mangueira), quando Elson exclama??? Aqui é o ponto de repensar se quer ou não continuar! rrsss (pois em outra trilha uns DOIS voltaram deste ponto ) !!! FICA SEMPRE REGISTRADO!
Enfim, continuamos com o nosso amigo Mário um pouco “sonoLENTO”, pois havia passado duas noite sem dormir normalmente, e uma feijoada que antecipou a trilha, não ajudou muito! Rrrsssss.
Em nossas trilhas, a resenha é escolhida no decorrer do dia, tipo: quem sofre mais, quem cai, ou por um  outro motivo; mas essa eu não tinha como escapar, pois foi uma homenagem, que aqui agradeço a todos, por total companheirismo e o monte de fraldas que se preocuparam em levar para mim, pois DEUS colocou no meu caminho ser pai de GÊMEOS.
No MURAL de AVENTURAS, nos sentimos muito bem, é uma verdadeira terapia, continuamos com o censo de crianças, porém os valores dos brinquedos è o que faz a diferença.
Houve uma brincadeira com o muralistas, mencionando que MÁRIO iria tirar a minha resenha, pois sofria muito, mas ele é muito guerreiro, continuou e melhorou muito no final, ao ponto de “fazer um juramento” que nas próximas trilhas estaria em melhores condições físicas melhores!
Fizemos algumas paradas, para hidratação, banho em um belo rio, e fomos para o almoço,  muquecas de peixe......arraia....caçonete......e diversas bebidas.
Depois de um breve intervalo do almoço partimos para o posto, aí ISRAEL e GUGA, não sei como, pois eu estava à frente se bateram e foi um drop duplo, também candidatos à resenha!  Rrsss, ainda bem que não houve maiores complicações.