Trilha em Praia do Forte - O Mega Power

Após fazer o percurso Mega Power da Corrida do CT Gantuá com a minha parceira Carla Guimarães, fiquei tentado em voltar pelos lugares e trilhas por onde passamos. O principal motivo foi devido a beleza de grande parte do trajeto, que até o dia da corrida ainda não conhecia.
Precisava de uma oportunidade para voltar lá e viver a emoção do mountain bike de uma outra forma, menos apressada como não é o caso da corrida, rsrs. Tinha certeza que em uma trilha com a com a galera do Mural, poderia apreciar mais os detalhes da natureza e curtir cada momento do novo trajeto descoberto.
Partimos de Praia do Forte e em um ritmo moderado a forte (nível 4 do Mural), entramos nos singles tracks da famosa Reserva de Sapiranga, um local ideal para a prática desse esporte e que sempre visitamos. Estava ansioso para chegar logo nos novos trechos, que para mim, seriam a grande sensação. Sendo assim, a velocidade foi um pouco maior do que o normal, Israel chegou até a comentar que parecia que estávamos na competição, rsrsrs.
Vale lembrar o momento de alegria em encontrar os Dinos Bikers, entre eles estavam Bastião e Albertão, grandes companheiros de aventuras já vividas. Fizemos uma foto para registrar o momento especial e nos despedimos.
Quando entramos no estradão, Tacalepau puxou o pelotão enquanto tentávamos pegar o seu vácuo. Vale ressaltar a presença de Ramiro, que nesse momento também colou junto e fez aumentar ainda mais a brocação! Rsrsrs.
Ao chegar na fazenda, onde seria o novo trecho, paramos para hidratar. Kichute, que não carrega mochila de hidratação, já estava desesperado com a falta de água, KKKK. Depois de contar algumas histórias das aventuras do Mural pelo mundo, retomamos o pedal mais lentamente para apreciarmos a beleza do local. Vários lagos, morros, paisagens e single tracks faziam parte do cenário, uma rara mistura que apesar de beleza, não deixa de ser um desafio, principalmente para quem fez o mega power da corrida.
Continuando a trilha, paramos em Malhadas para uma coca-cola, alguns já sentiam os efeitos do cansaço, mas mesmo assim, entramos novamente na trilha e completamos todo o percurso juntos e felizes por mais uma aventura incrível! Bora Mural!!! Elsão
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR




















































4 comentários:

Jean Painéis disse...

Show!!!! Resenha ficou massa, as fotos, sem comentários. Top de mais.

André Luiz disse...

Muito bom, pena que minha cota de março já tava esgotada.

Plech disse...

Massa Elsão, Sapiranga parece inesgotável. A cada dia nos surpreendemos com suas belissimas trilhas, e o bom que é no nosso quintal.
Parabéns a todos que prestigiaram!!!

Rogério Fernandes disse...

Uma trilha espetacular! Fiquei surpreso por ter aparecido poucos muralistas pra essa aventura, mas isso fez com que o ritmo fosse mais intenso, sendo um teste para mim. Aliás Elsão, a frase na verdade fui eu que falei. Havia tempo que eu não fazia um pedal neste ritmo, tanto que nos últimos dez kilometros praticamente a perna esquerda travou com câimbras kkkkk. Parabéns pela resenha e pelas fotos e até a próxima!