Trilha do Dendê em Valença - O Retorno (Texto: Jovanda Azevedo)

Mural com Dendê: O retorno 
A lama, protagonista da trilha do dendê 2017 dividiu opiniões, foi uma relação de amor e ódio  e pra muitos, que nunca haviam feito uma revisão geral na bike a hora tinha  chegado.
A relação do mural com a trilha foi maravilhosa e o retorno foi marcado para um sábado, aparentemente ensolarado. Mas se tratando de Valença há controvérsia quando o assunto é previsão do tempo .

Quando a galera chegou estava um sol maravilhoso e todos ansiosos parar fazer a trilha "sequinha ", pois existia um muralista ali que não conhecia a trilha ,"o drone ", kkkkk...e precisava desse sol pra subir tranquilo e captar os melhores registros. 
Saímos por voltas das 09h00 da manhã com destino a Cajaiba, distrito de Valença, e demos uma parada na casa do amigo Ramatis para o 2 tempo do café. Quando de fato partimos pra entrar na trilha a chuva deu seu 1 sinal .Cá pra nós pedalar com chuva né minha praia não, rs... Mas quem está na chuva é pra se molhar! Subimos a primeira ladeira, dali em diante pensei: agora não dá pra voltar kkkkk...
Trilha que segue,chuva que segue, vamos brocar, (eu) ao menos tentar. Entre uma resenha e outra a galera parava pra esperar os papucos e eu no time sempre chegando entre penúltimo  e última (um alerta pra treinar mais inclusive). A chuva não  havia parado ainda,os pingos gelados desciam com gosto, resolvi tirar da mochila de hidratação uma catuaba pra ver se amenizava esse frio, tomamos e seguimos. A trilha, como sempre linda e ainda limpa, poucas árvores haviam caído e os single  preservados, chegamos ao capim, parte da trilha mais bonita e onde o drone subiria.  Por sorte nossa a chuva deu uma trégua e Elsao estava no comando do drone. TOooooooP!Ele vibrava ...
Depois daí só catuaba, sol, chuva, alguns tombos e a descida mais esperada: a Ladeira do Quiabo, modéstia à parte, as meninas brocaram, só mulher emponderada nesse mural, um show à parte de pedal! Na descida tombei legal junto com meus conterrâneos (Fabrício e Débora), na ladeira que fez muita gente cair na trilha do dendê  kkkkk...
Depois do quiabo seguimos e tome ladeira e chuva ,a lama estava pesada, porém menos escorregadia mesmo assim arrancou risos das capotadas de Neto e Joel, ambos do Valença bike, um vídeo pra se aprender como capotar e ser feliz ao mesmo tempo.
Trilha gostosa ,os amigos felizes,resenhas... Chegamos no estradão, paramos no pit stop e a galera com sede de uma gelada, "a proibida " matou a vontade da galera e de quebra ainda comeram o feijão a lenha da dona do bar.Que galera viu?! RS...
Descemos o ladeirão top e lá estava Elsão e com ele "O DRONE", só pegando os melhores ângulos da descida mais emocionante trilha muito massa .

Chegamos a Valença e daí só alegria, trilha concluída com sucesso!Um tombo do chefinho com direto a primeiros socorros com rexona e Lívia contabilizando as compras de terrenos desse retorno foi muita resenha .
A galera seguiu para o Guaibim e findaram a tarde na casa da nossa amiga e muralista Carolina. Com raizes na cidade e anfitriã também, Lívia e eu seguimos pra Salvador, mas com vontade de estar na resenha  .

Obrigada minha galera do Valença bike!  Em especial  ao amigo Ramatis, pelo apoio desde quando foi mentalizado esse retorno; a Josy, pelo café, e aos meus amigos do mural, pelo dia de risos e resenhas, o que fortaleceu ainda mais nossos laços de irmandade no pedal!
Valença Bike é show!!! Mural de aventuras também é show! Jovanda Azevedo.
VEJA O VÍDEO ABAIXO
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR













































Nenhum comentário: