Trilha da Lua Cheia - Atlântico Bike

Devido algumas cobranças, para realizar uma trilha noturna, substituímos o pedal da lua (passeio) para a Trilha da Lua Cheia, apenas esse mês Novembro, no horário marcado um grande numero de trilheiros se faziam presente. Partimos via estrada do Coco, e seguimos rumo a trilha dos tropeiros, todos pousaram para uma foto no marco zero da trilha, logo estávamos no balneário de Jorrinho, ao chegarmos ao topo do morro (mirante) foi possível avistar a lua cheia, que acabara de nascer no horizonte, deslumbrante, espalhando brilho por todo o cenário, aproveitamos para descansar, fazer um lanche, e registrar boas fotos. Seguindo sentido povoado de Areias, alguns pneus furados para alívio dos mais cansados, o ponto forte desse trecho foi a travessia do rio capivara, com água no pescoço, pedidos de bóia, colete salva vidas, corda... E finalmente travessia concluída e muita resenha. Seguindo o barco rolou muita adrenalina até Arembepe, talvez o trecho mais empolgante, boas subidas retas e curvas sinuosas com descidas de arrepiar, hein seu Gonzaga? E finalmente Arembepe. 

Grupo dividido:

1- Quebrados. Destaque para o (24) esse era seu número na contagem geral do grupo, sem pernas e uma magrela para empurrar chegou ao pedágio, no sopro do vento. 

2- Meia vida. Destaque para Jairo, que apesar de auxiliar a todos no grupo, partiu da Millenium ate o pedágio para um sprint de recuperação, superando todos um a um, segundo Paradinha, passei soprando a 45/48km, nem eu acreditei! 

3- Inteiros. Destaque para André, que puxou uma fuga da polícia rodoviária de Arembepe até o pedágio, deixando para trás os campeões do Cruz bike, Cleiton, Igor, Pedrinho e companhia. 

Daí seguimos todos juntos ao ponto de partida, Atlântico Bike. Agradeço a companhia de todos vocês e o espírito de companheirismo, conto com todos para a grande trilha de confraternização do natal, na região de Abrantes. 

Para quem não se ligou ou menosprezou o nível de dificuldade 3 da trilha, não foi possível curtir a lua. Quando parávamos para juntar o grupo, o último não tinha direito a descanso, pois a espera já era grande, para eventos desse nível e aconselhável, consultar antes, o tipo de terreno, elevação e distância, para evitar desconfortos e surpresas desagradáveis, é aconselhável revisar as magrelas e checklist com antecedência. 

VEJA COMO FORAM TRILHAS DE CONFRATERNIZAÇÃO DE NATAL ANTERIORES, SEGUE LINK: http://muraldeaventuras.blogspot.com/2011/10/proxima-aventura-trilha-beneficente-de.html 

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR







































2 comentários:

Pedro Neves disse...

Epa, gostaria de constar que a fuga foi rapidamente neutralizada por mim e por Igor. kkkkkkk

Esse Sprint final foi o melhor!

Valeu Atlantico!

jairo disse...

Pedro! desculpe-me editei o que me foi relatado,mas fica registrado a correção...parabens,você anda muito.